Sunday, April 10, 2011

DO QUE SE NECESSITA PARA A FELICIDADE?[PÉTER KÁNTOR]


Posto assim,

não muito:
dois seres, uma garrafa de vinho,
queijo do país,
sal, pão, um quarto,
uma janela e uma porta,
lá fora, que chova,
chuva de longos fios,
e claro, cigarros.
Mas, ainda assim,
de muitas noites
apenas uma o duas vezes resulta,
como os grandes poemas
de grandes poetas.
O mais é preparatório,
ou epílogo,
dor de cabeça,
ou espasmo de riso,
não se pode,
mas deve-se,
é demasiado,
mas insuficiente.

2 comments:

mfc said...

... e predisposição também!

... said...

Não somos todos iguais e ainda bem, só assim podemos "encaixar" tal como as peças de um puzzle...

parece-me bem começar com um bom tinto para alargar as veias e a respiração ser mais "leve", ficar "quentinhos" e soltos, uma boa dose de riso e dizer tolices, muitas tolices.... penso que assim deve ser o começo tudo.