Thursday, August 07, 2008

as mulheres têm fios desligados


Está cá tudo escritinho nesta magnifica crónica! Será assim tão dificil dizer:
Já não gosto de ti?
Ou será realmente muito mais fácil manter falsas expectativas e ser desonesto, ao dizer:
Preciso de tempo?
Uma certeza porém...
Merecemos sempre melhor que alguém que não gosta de nós.

22 comments:

amazing said...

Nem mais!
Belo post!
E tu sabes bem do que escreves, né?

Beijão.

Dawa said...

Grande verdade!
Só devemos ter a nosso lado quem nos dá valor.
beijinho!

chica said...

:)

Beijinhos

Vício said...

bem me parecia que havia algum problema de funcionamento! ;)

poetaeusou . . . said...

*
portou-se
como uma crianchinha,
mal, muito mal,
,
que se passa,
antónio lobo antunes ???
,
conchinhas
.
*

inBluesY said...

nem mais... excelente crónica.

bj

Zélia said...

Nem sempre nem nunca... há execpções... e nunca é fácil ligar e desligar dessa forma os sentimentos... contudo gostei de ler o artigo!!

maria josé quintela said...

para fazer justiça, tenho que dizer: existem excepções. raras. eu conheço.


mas basicamente está tudo dito (e muito bem dito) nesta excelente crónica.


um dia ainda se descobrirá porque é que é assim. coisas de genes...


um beijo.

pn said...

...pois isso é verdade!

E não inventam um aparelho para podermos medir a intensidade afectiva? Espécie de polígrafo passional?

Quanto ao Lobo Antunes e à sua preocupação com as filhas e os caramelos que as levem, apenas reitero, quando ficamos sábios estamos tão velhos que esquecemos a sabedoria...

Su said...

levei.a comigo para ler com tempo


jocas maradas...sempre

Carracinha Linda! said...

É isso mesmo...

Bjs

miak said...

O que é arrepiant eé quando nos revemos em algumas destas palavras e não forçosamente as melhores.

rjl said...

:)

bom fim-de-semana!
***

Luis Eme said...

é apenas uma crónica de ALA...

gostei de ler, sorri, mas é apenas uma crónica, um olhar sobre uma esquina do mundo...

bjs Velas

nota: já esta música faz-nos mexer, andar, quase correr...

Sea star_ Hannanur said...

A sério????

ohhh!!!
E eu que pensava que tinhamos as ligações mal feitas ;)

kiss

PavlovDoorman said...

Menina das Velas confesso que ainda não li o artigo, ando sem paciência para ler na net além do trabalho que tenho. Mas concordo perfeitamente com o título do post...
eheh

Beijinho

Miudaaa said...

No sábado passado, também a li... num dos momentos de relax... e voltei a lê-la... como de algo tão simples, se complica tanto. tanto se inventa...

Beijo em tu.

Fim de semana cheio de cor para ti, minha doce vela!!!

Mark said...

Com uma frieza de cortar a alma, este foi sem dúvida o post que não devia ter lido hoje de manhã. Sem dúvida, ALA no seu melhor.

pin gente said...

fantástica crónica!

abraço

Dias said...

Adoro o ultimo paragrafo da cronica, o Sor Antunes é dos mais interessantes, mas tudo o resto é palha demode, se fosse assim tão "facil" os ultimos 3 mil anos de humanidade teriam sido bem diferentes...

Beijos de quem acaba à-la gajo melhor que quase todo(A)s...

nuvem said...

Excelente crónica, esta. Bem ao estilo deste grande senhor.

Beijinhos

Nogs said...

Precisamente, minha linda!

Eu não quero ter algu´m que não me queira:P

Beijinhos