Wednesday, December 19, 2007

Carta ao Meu Amigo Nuno

Meu querido Amigo Dourado,

Apesar da nossa amizade se manter virtual, fruto das circunstâncias da vida, kms nos separam[mas com um cinema combinado para o inicio de 2008] muito me aquece e alegra a tua disponibilidade para seres meu amigo. Gosto do que dizes, perguntas e escreves, não porque, mas apesar de, gosto das tuas transições poéticas e mesmo quando percorres de uma galáxia à outra a tua caminhada entre versos, prosas e vivências ,tu és tu.

Gosto de ti pela grandiosidade da tua alma simples, não simplória, mas franca e leal....cândida. Ás vezes imagino me a rir contigo, de disparates ainda por dizer, de poemas e versos brancos por fazer, a suar para conseguirmos a metrica certa dos poetas.Sim, porque tu és iluminado...és dourado!Tens a mesma grandiosidade de teu sobrenome.E brilhas.

Gosto de teu colorido da primavera: da alvura da malmequeres, ao dourado do trigo.Tu és uma aguarela tingindo o negrume. Tens concerteza o perfume que ela encerra: cheiro de mato, de terra, flores a florir. Cheiro de chuva quer, emane do alto da serra, ou do asfalto, que sinto próximo, ou não fossemos da mesma terra.

Tu demonstras preocupação comigo como ninguém..É um conforto ter te com meu amigo por perto,sim que estas perto na distância, abrandando as minhas intempéries e as minhas repentinas mudanças de ares que se me acometem. Chova ou faça sol, tu andas comigo nas ondas. Mandas, para longe, as tempestades. Nadas contra a corrente, se preciso for. .

Mas acredita que tens em mim uma amiga devota. Amiga a toda prova, para o que der e vier. Amiga sempre presente, nas quatro estações. Preenchendo as lacunas dos quartos da lua. Do cimo da minha pequenez, tanto de estatura como poética, que eu ao menos consiga, com o afago destas letras, traduzir meu afecto e amor incontroverso pelo amigo que sei que enfrentava uma guerra por mim. Contigo era capaz de rir e chorar. E sei que me dizes não, que não devo ou que não posso quando for preciso.

Para ti meu Amigo Dourado, segue como presente de natal, envolto num sorriso da cor do sol a pino, o meu coração.

15 comments:

Zélia said...

Linda mensagem de amizade :)

Beijinhos

Ant said...

Muito bonito. Capaz de provocar uma ciumeira do caraças ao pessoal :))
Mentira. A amizade não pode provocar ciúmes, pois não?

Beijos

Brain said...

Velas,

Apenas para te deixar um beijo,
E parabenizar, ambos,
Por essa amizade.

Beijo.

kolm said...

Velinhas, simplesmente sem palavras!

Deixo-te um beijo encantando...

linda!

♥≈Nღdir≈♥ said...

Os meus sinceros votos de BOAS FESTAS.
Espero que o Pai Natal seja generoso e que distribua muito amor, paz, saúde e carinho.

Mil Beijos ≈©≈♥Ňąd¡®♥≈©≈

mariazinha said...

oh pá... que lindo. :)
E andamos em sintonia, já viste?
É bom ter/ser amigos assim.

beijo*

poetaeusou . . . said...

*
sensibilidade,
sublime,
tocante,
a arder até ao fim
*
conchinhas nocturnas
*

Rômulo e Remo said...

Que chova ou faça sol...2008 P/te
Até lá...mtita alegria todos os dias ,bons pensamentos a tod´à hora,que te ame quem tu mais amas,que a tua meta seja alcanÇada ,que um beijo te abráÇe ,que um abraço te beije a vida.

pn said...

os girassóis do caeiro...

(sorte a tua, nuno!)

Rain said...

Muito bonito e "original" como só tu.... As usual. Gostei mto.
Agradeço a tua visita. Estou "bem", quase sempre...as vezes não tão bem mas... hei-de ficar melhor. Bjinho!

Paulo said...

Bonita dedicatória.

Essas são amizades que perduram até ao fim dos nossos dia.

Beijo

FM said...

Linda Amizade, mesmo que virtual...
Voltarei em breve. Gostei de passar por cá...
Sê Feliz!

Maria said...

Há pessoas assim, que nos preenchem a alma...
Tudo o resto é nada, ou quase nada.

Su said...

belo esse sentir


jocas maradas..sempre

Miguel said...

Os kms não passam de uma distância que se percorre para estarmos com quem queremos. Nunca são demais. A outra pessoa é que pode ser de menos.
(obviamente não facilitam...)