Thursday, December 09, 2010

coração na boca

preciso de me apaixonar.reinventar uma maneira de seguir em frente , sem temor, apenas com a vontade de chegar ao outro lado. uma vontade louca de tirar os pés do chão de vez em quando. olhar olhos nos olhos o que não conheço com prazer!

mas este é um coração que ficou frio.que precisa de cuidados. carinhos quentes, cheiro a lavanda, mantas felpudas, chá de menta. a intenção do bem guiando o olhar.ainda vivo, entre belezas das páginas de tantos e tantos livros, imagens de filmes e sons de músicas que me fazem viajar.

apetece me sentir vertigens. mas ainda sonho com uma vida mais calma, sem tantas máscaras diárias e sofrimentos desnecessários. estou cansada de acordar com raiva de mim. por isso, hoje resolvi lavar a roupa. toda a roupa suja acumulada nos últimos anos. moro numa cabeça que parece constantemente desarrumada. e eu já não suporto a minha confusão mental.volto a focar me.estou farta das muitas palavras e da pouca acção... vou acreditar em mim, sem necessariamente ancorar o meu navio em portos alheios.

a procura do meu caminho, é a prova viva de que o amor não acabou em mim .

8 comments:

Mar Arável said...

Com essa força interior e tanto mar por descobrir nunca desista de rasgar destinos porque há dias possíveis para conquistar impossíveis.

para alem de ti said...

Por vezes quando o nosso coração fica frio descobrimos que a nossa vida no fundo foi passada com preocupações dos outros ..sem nunca termos olhado com atenção as nossas próprias necessidades..bj

Maria said...

Abraço-te, vela.

Apenas eu said...

é muito bom que te sintas assim. decidida.
beijo Vela

Malu said...

Sim, belas páginas as tuas.
Gostei e virei mais vezes.
Gosto de ler o que corre pelos sentires das outras pessoas.
Abraços

Eu Mesma! said...

:)

nuvem said...

Feliz por ler estas tuas palavras.

Mariana Junqueira said...

Sensacional. Quero trocar figurinhas poética-literárias com vc. A arte está aqui, alie acolá para estas trocas também. Dê uma espiada no meu blog.