Monday, February 14, 2011

Dia dos Namorados comigo própria

ha dias em que acordo sem querer conversar com ninguem. hoje estou assim, depois do domingo vagaroso e que, para além de uma enorme dor de cabeça, me deixou uma ressaca moral como há muito não sentia. esta é uma semana dificil, profissional e pessoal, é a vida.
o tempo também nao ajuda.amanheceu chuvoso e assim parece ficar o dia. hoje, é o tal Dia dos Namorados. eu vivo uma relação estranha (vivo?) comigo.não me cobro, não me telefono durante horas e muito menos fico ansiosa por me encontrar.
simples. não preciso de me preparar para o jantar de velas, a musica romantica, presentes ou promessas de amor-eterno que nunca se concretizam.
não que hoje à noite não quisesse ter companhia, mas fui aprendendo a viver comigo.e as vezes nao custa muito, ou tanto como as outras pessoas pensam...
parece simples, mas nao é.bastava um sorriso e a vida ganhava um tom mais ameno.

6 comments:

Susy said...

Mas já agora, um sorriso de qualidade e sentido!

É por isso, estou convicta, que não temos sorrisos todos os dias da nossa vida. A qualidade é preciosa, a banalidade não alimenta!

Beijinhos!

Abobrinha said...

Um sorriso deste lado, que também me vou ter como companhia no dia dos namorados. Como nos outros dias. E gosto da minha companhia!

Apenas eu said...

é um dia como outro qualquer. acredita.
é bom estares contigo. passa um bom dia.

beijos

mfc said...

Quando assim estamos um abraço dabe sempre bem.
Aí vai um... a voar para aí!

joão said...

O dia dos namorados é uma patetice para efeitos comerciais, uma mariquice social de uma sociedade que sequer libertária mas tudo faz para ser convencional. É um dia que tresanda a hipocrisia. Neste dia é que é caso para usar a expressão aplicada ao Natal: "Dia Dos Namorados é quando um homem/mulher quer". Eu nunca o festejei e acho que nunca o vou festejar, mas, já fui hipocrita neste dia. hoje já não sou.
Beijo XXL.

Post Scriptum: Boa musica poe estes lados...

Peacefull Mike said...

Apesar do dia dos namorados ser tudo isso "negativo" acima descrito, não podemos, ou aliás, não posso deixar de lhe atribuir alguma importancia sendo eu um romântico(solteiro) assumido. Não no sentido em que é neste dia que devemos mimar ou presentear os que nos são mais importantes, mas sim no sentido em que todos nós amamos e celebramos esse amor, todos os dias... talvez mais num dia em particular... mas não deixa de ser um hino ao amor!

Eu, como alguns de vós, passei esse dia sozinho... até não conseguir conviver com o barulho dos meus pensamentos que arrastavam móveis e mobilia de uma lado para o outro, até ter ido ter com uma amiga que me confidenciou que também estava sozinha... bebemos uma garrafa de vinho e falámos acerca dos desaires amorosos que cada um de nós tinha tido... foi muito bem passado! Mas preferia ter ficado com a minha cara metade ou alma gémea... seja ela quem for e esteja ela onde estiver... mas obrigado pelos amigos que sempre farão parte integrante tanto de nós como da nossa personalidade!

Um bem haja! ;)