Sunday, May 18, 2008

pernas-depilar ou rapar...

um retrato do passado.sei que vi algum.talvez opine. equivoco do que não vivi.talvez até pense.sorri ao ver a minha substância.desdenhosa índole rebelde e calma.direi, ao menos a mim:
subi os degraus de uma casa solitária.provei das bebidas mais alcoolicas.misturei-me mel com pimenta. duvidoso...prazer!

fugir dizem é uma arte. pois eu não sou artista.desci as escadas.a porta, fechada, as pessoas na porta.a porta aberta e eu não tinha descido escada nenhuma.abro um livro que abandono.deixo partir sem sair.passar.correr .tudo foge e eu inerte.dispersar. retirar.esconder.desaparecer.cair. o fugitivo é desertor.um traidor.a porta abre-se.a campainha toca.eu não fujo.o sorriso pode não ter graça: mas é meu!
o crime e o castigo.a vida será sempre assim.procurarei morrer sorrindo de uma beleza que espero conceber na lealdade comigo própria e com os que me rodeiam. mas sei que no mundo haverá sempre os que depilam e os que rapam as pernas.


20 comments:

pn said...

Ó Velas, e eu que estava a pensar tirar estas cêrdas ruças para o verão...!
Para ir "meter fixa" na lagoa de mira!
Vou mesmo de javali beiraltino!

rjl said...

:*

Carlos Ramos said...

Completo, interessante, este teu blog... vou voltar com mais calma, mas oarabens...

Vício said...

e os que nem uma coisa nem outra...

Teresa Durães said...

lealdade a nós próprios e não fugir

PavlovDoorman said...

E há também os outros Menina das Velas. os que não rapam nem depilam...
eheh

E um sorriso tem sempre alguma graça, emsmo que não seja engraçado.

Beijinho

impulsos said...

Isso sem dúvida alguma!
O mundo gira, e nós giramos com ele, sempre nesta insatisfação da procura da perfeição... suaves carícias se aguardam, feitas por mãos sensíveis ao toque, deslizando ao longo da pele despida de pilosidades...

Beijo

fatima pb said...

"o sorriso pode nao ter graça: mas é meu!"

o que mais gosto de ver em outros é a Verdade, a sua Verdade.

Eu sinto-me tantas vezes ridicula e sem graça, mas nunca ensaiei no espelho outra que não eu.

um beijo grnade para ti!

Zélia said...

Bela metáfora... eu prefiro depilar... lol

Zélia said...
This comment has been removed by the author.
Serenidade said...

haverá diferença???

Serenos sorrisos

isabel mendes ferreira said...

:) depilo depilo depilo...:)


e beijo pela gentileza....lá.



_______________________.


obrigada.

Mab said...

Verdade!

Mas...
Também os há que tornam a coisa definitiva|!!!!!!

Carracinha Linda! said...

Há os que depilam. Há os que rapam. Há os que tratam do assunto (quase) definitivamente. E depois há aqueles que gostam de sentir o belo do pelinho...

"procurarei morrer sorrindo de uma beleza que espero conceber na lealdade comigo própria e com os que me rodeiam." Frase excelente!!!!

Beijocas

Ah... ainda não comprei aquilo para a Netty. Mas tenho mesmo que ir lá... qualquer dia os meus patos já eram! :D

Maria Laura said...

Pois é. Também há, de facto, os que não fazem nem uma coisa nem outra. Gosto das tuas metáforas. Gosto da tua verdade.

Léu said...

Adorei o seu Blog... sou meio novo por aqui, mas espero fazer amizades... see ya girl...

Prefiro que depile ... rapar me deixo assustado depois que vi a foto xD

bjusss

nuvem said...

Gosto sempre da tua escrita. Já o sabes, mas nunca é o bastante dizê-lo.

Beijos

Bandida said...

gostei muito do texto!



beijo V.

ContorNUS said...

e outra certeza...é que é sem dúvida um prazer ler-te!

poetaeusou . . . said...

*
gostei da selecção,
á scolari,
,
conchinhas,
,
*