Sunday, January 18, 2009

fecho os olhos e sinto


depois do frio, a chuva.chove muito lá fora.

eu estou sentada.sentada numa cadeira.penso.nos últimos dias. lembro cenas.tentativa de reviver tudo ao que sempre me deu prazer. as células do corpo em ebulição. eu sinto.sinto as células a moverem se.ao centímetro.uma sensação inexplicável, que só eu posso sentir porque aprendi a fazê lo com a maior intensidade possível.

fecho os olhos e sinto...

os meus pensamentos são só meus neste momento.uma espécie de felicidade, um momento radiante, sem receios. dúvidas comuns, verdades adivinhadas, que muitas vezes não entendo mas que neste momento não interessam porque sei tudo. tudo, tudo e tudo.

dentro dos meus olhos está o que eu preciso .. até a minha saída.

as perguntas essas giram sempre à minha volta.

fecho os olhos e imagino, penso no sentimento que está cá dentro. escuto uma melodia.não, não é romantica mas sim forte e traz a vontade de tomar uma atitude.sei lá...arrebatar uma surpresa.

surpresa intensa e íntima. uma intensidade animal, em que se sente a pele molhada de suor.uma intimidade que dá para rir no meio de tudo.um abraço.

fecho os olhos e só consigo pensar que estou apenas comigo. fecho os olhos para pensar em mim.

boa noite, durmo comigo.

34 comments:

Su said...

...
dentro dos meus olhos está o que eu preciso .. até a minha saída
...



jocas maradas e abraços..sempre

Lu.a said...

Boa semana! :)

Mar Arável said...

É confortável quando

reconhecemos

no espelho dos próprios olhos

Maria said...

é muito bom sermos surpreendidos... ou deixarmo-nos surpreender...

Boa semana!
:)

Beijo, Velas

João o Protestante said...

em relação à musiquinha do blog, nao achas que os edditors estão a ficar muito pop band? :) a comparar com a banda rock que me arrebatou no primeiro album, parecem outros...

ps: quando fechares os olhos, fecha devagarinho e ao de leve, nunca se sabe quando é que passa algo perto que queiras muito ver por muito bom que esteja a ser o sonho!

Roderick said...

Bonito tom carmim que escolheste para o fio!
;-p

just me, an ordinary girl said...

Tantas vezes que adormeço a tentar reviver e segurar momentos de felicidade, prazer, bem estar. Uso isso para combater os costumeiros sonhos ruins... Mas penso que ja nao é apenas uma defesa mas sim o que restou de tudo o que aprendi ate hoje: só em nós existe o que se chama de felicidade. Quero dizer, depende so de nós apreendê-la e guard´-la e saboreá-la.

Um beijinho com ternura minha, para ti!!

just me, an ordinary girl said...

Ei.
Volto para te pedir desculpa se nao te entendi no teu post...

:)

vício said...

para dormir é a tua melhor companhia! acompanha-te nos movimentos todos que venhas a dar na cama!

Donagata said...

Gostei deste texto até porque descreve aquilo que muitas vezes se passa comigo e não sei descrever.

Já agora, juntando também um comentário ao post anterior, eu acho que é para nós que devemos fazer as coisas. Tudo o que fazemos deve ter como objectivo Nós, o nosso bem-estar. É que os outros vêm, estão, passam, por vezes ficam, mas quando vão (e até quando ficam), restamos sempre nós.

E, já agora, penso assim, sem ver aí qualquer laivo de egoísmo.

Um beijo. Gostei de passar aqui. Não sei porquê já não o fazia há uns tempos!

Cruztáceo said...

muito zen

AnaMar (pseudónimo) said...

Como é bom estarmos connosco.
E como me dava jeito agora, eu que ando perdida de mim...
Um beijo

Lídia said...

... calmo... suave... bj

Marta Rosa said...

Gostei do texto,

bj

Jo. said...

a esperar, que seja com amor ;)


e eu adoro os livros que tens nos favoritos :o
beijinho *

Walter said...

Eu olhei para a imagem e ela perturbou-me...li o teu texto e senti-me mais sereno.
walter

borrowingme said...

quantas e quantas vezes adormeci a prenunciar estas palavras...

bjs velinha

Maria said...

Obrigada.
Fechamos os olhos para pensar em inumeras coisas ao mesmo tempo.

Mlee said...

fechar os olhos e ser bom estar conosco, não é para todos minha cara ... boa essa serena confiança.

beijuka

Luis Eme said...

hoje és tão tu, não há nem espaço nem para o teu companheiro de aventuras...

bjs Velas

solange said...

Que bom conseguires adormecer, depois de pensares em ti!!!
Olha, eu não consigo. Se me ponho a pensar, n consigo adormecer. Valem-me os bons livros que me levam para outras paragens até vir o sono. Estou a acabar d ler "A vida num sopro". Comentarei, depois de o terminar, tal como fiz c os outros livros do autor no "lendosempre".
Gostei muito de te ler, sobretudo porque te sinto mais optimista contigo, com a vida. Deves ser uma pessoa muito especial!

Teresa Durães said...

é bom quando nos recolhemos sentimos uma grande alegria

Tété said...

É bom dormimos connosco, mas é ainda mais importante acordamos connosco todos os dias! Um dia e outro e outro atrás de outro...

mfc said...

Temos necessidade de nos virarmos para dentro, para depois nos abrirmos aos outros.
Primeiro a reconciliação interior.

sonhos/pesadelos said...

lindo...está soberbo!
bjs endiabrados

nat. said...

:)
1º connosco, depois com o mundo!
e enquanto estamos connosco, e nos reconhecemos, não estamos sozinhos!

Beijinho!

Wagner Marques said...

alguém disse: fechar os olhos é negar o mundo!
profundo né...

croqui said...

e faz tão bem fechar os olhos e pensar em nós próprios... ou não!

Carlos Barros said...

E é «em mim» que tudo acontece. Quando nos redescobrimos, acordamos numa outra dimensão que nos faz sorrir, é um outro (A)mar.
Beijo

poetaeusou . . . said...

*
que felicidade,
,
eu continuo
num mar sem rumo,
ao sabor
dos caprichos das quimeras . . .
,
conchinhas,
,
*

Apenas eu said...

A imagem choca! arrepia sei lá...
depois de te ler, entendi.
dormes contigo, e queres melhor companhia?
Também fecho os meus olhos muitas vezes e quando me dá essa loucura por dentro realizo-a por fora, com quem me dá aquele abraço que ainda gurado na memória.

Vive e agarra-te a vida. vive os teus sonhos. quando acordares não penses, porquê???

Os melhores momentos da nossa vida não têm de ter explicação, nem para nós e como tal muito menos para os outros.

Disfruta do prazer de viver.

e dorme bem. tranquila, sem ponta de tristeza. olha bem á tua volta, não faltará com toda a certeza alguém especial que adoraria dar-te um abraço, o tal que tu mereces e precisas.

um dos primeiros passos é admitires que és de carne e osso...

beijo e um xi-apertadinho
(sei que não é este que queres, mas olha é o que te posso deixar do coração)

PavlovDoorman said...

Beijinho e um abraço forte... Um abraço de amigo, que a quer ver sempre de bem consigo...

BEIJO

maripoza said...

E nesta fase em que me encontro, faço tuas as minhas palavras, à excepção de que quando fecho os olhos, não consigo, por mais que tente, pensar em mim, mas em quem está longe de mim...e me deixou assim...

beijo

soggyscheme said...

ouve-te,vê-te e compreende-te. vais ver que tudo se torna mais simples =)

uma boa semana.

gostei da foto, forte mas com um significado exelente ( para mim ).