Wednesday, October 28, 2009

sssssssssssssschhhhhhhhhhiiiiiiiuuuuuuuu!


está tudo tão quieto,
tudo no lugar, tudo calmo....
entre as paredes do meu tédio.
sim, até meu tédio decidiu ser preguiçoso...
e ficar quieto.
o dia espreguiça se,
as roupas não mexem no estendal,
nem o vento abana as arvores,
a lagartixa está farta de tanta estagnação...
o sol rachou o tecto do meu tédio, para quando a tempestade chegar
encontrar o caminho desta fresta e gotejar na minha testa.
mas hoje não há nuvens,
e o céu tem um azul doído,
nem um passarinho perdido voa,
está tudo no lugar...
o mundo está um tédio.
sossego!! não quero acordar o tempo!
julgo até que se ele esqueceu de passar,
tudo tão quieto!
eu aproveito para acalmar a dor no peito,
e ver a ansiedade passar.
no fundo,
eu fico aqui de cima desta vertiginosa janela a contemplar...

12 comments:

Ana said...

Gostei muito deste texto vela, é um pouco do que também eu sinto por estes dias.
beijinho grande
Ana

Eu Mesma! said...

não acordes o tempo...
deixa o tempo acordar-te....

Teresa Durães said...

eu gosto do tempo quieto. é onde consigo sentir-me

S* said...

Contemplar o mundo da nossa janela... tenho medo.

just me, an ordinary girl said...

adorei algumas passagens do teu texto
e ´"mexeram" cmg

um beijo mt grande

Mar Arável said...

É verdade há dias em que o tempo

não mexe uma palha

nem uma vaga rebenta

o mar parece sopa

Lamentavelmente esta coisa

está para durar a menos

que agitemos as tempestades

impulsos said...

... e fazes tu muito bem!
Pois daí tens uma vista privilegiada sobre o mundo que te rodeia.
Mas não faças barulho...

Beijo

via said...

não é verdade que o silêncio acorda mistérios?

Chris said...

Conjugação perfeita entre a imagem e as palavras... gostei.
Bjs
Chris

Francisco said...

...porque o simples é sempre bonito. As palavras, as pessoas.

Beijo.
Francisco

Afonso said...

Texto simples. Doeu só de imaginar o tempo tão parado :|

mfc said...

Continua a contemplar e a escrever-nos textos assim.... deliciosamente lindos.