Sunday, March 07, 2010


dias são dias.

e há dias em que sinto falta das palavras.
nesses dias
o vazio é enorme.
lá vou eu buscar os meus livros,que são a minha casa, o meu porto seguro
sempre repletos de palavras,que me fazem suprir a carência que tenho delas.
procuro em Pessoa, Quintana, Sophia,Mourão Ferreira ou Vinicius.

mas fico sempre entre duas brilhantes mulheres....
é a Cecilia que me diz que morrerei por idades imensas, até que não terei mais medo de morrer e só então serei eterna.
mas também sei que não é o que procuro. medo de morrer não tenho.não quero é a eternidade.
ou é a Clarice que me diz que a única verdade é que vivo.sinceramente, eu vivo.quem sou?bem, isso já é demais....
mas também sei que ainda não é isso que procuro.não sei se vivo, mas sobrevivo aos dias...sei que não sei quem sou e que talvez seja melhor assim...

pois o que eu procuro é apenas uma palavra que ficará para sempre na minha pele.

qual será ela?

a busca deve continuar?

12 comments:

pink poison said...

Sinto-te triste.
Em baixo.
Conselhos não adiantam. sabes onde me encontrar... Um beijo

Maria said...

Hoje fizeste-me falta...
Deixo-te um enorme abraço.

Valéria Gomes said...

Ando a sentir tanta falta de ti. Nos últimos tempos tens andado tão distante e silenciosa. Gosto da maneira descomplicada com que nos fala, gosto da Vela sempre acesa a iluminar a escuridão de outras vidas. Gosto da verdade de tuas palavras e da simplicidade no ser humano que brilha em cada frase.

Gosto de ti, o que posso fazer? :( :(

Luis Eme said...

sempre...

bjs e um dia feliz para ti Mulher tão sensitiva e quase flor...

Dri Viaro said...

Oi!!

Passei pra conhecer seu blog, e desejar boa semana

bjs

aguardo sua visita :)

Dri Viaro said...

Oi!!

Passei pra conhecer seu blog, e desejar boa semana

bjs

aguardo sua visita :)

Seastar_ Hannanur said...

Sabes Velinhas,

Há um provérbio que diz: as palavras são como as abelhas:ambas têm mel e ferrão.

Que te toque a serenidade.

Kiss

just me, an ordinary girl said...

nao sei bem como responder a essa pergunta.
tb eu adoro palavras.
mas nao sao elas que me preenchem e dao sentido a minha vida.
sao beijos.
esses sim, eu procuro incansavelmente e luto para ter


um beijo meu para ti

Teresa Durães said...

em tempos pensei que havia uma busca. depois apercebi-me que isso devia-se a uma doença. Hoje sei que há dias que são apenas sobrevivência, outros em que estamos em paz com nós mesmo. Só o que quero

JonyFingers said...

... talvés a eterna "demanda do santo graal": a felicidade!

aquele abraço

joão said...

“Não faças planos para a vida porque não sabes os planos que ela tem para ti.”
Agostinho da Silva dixit. não é uma palavra, é uma frase, mas pode-se resumir numa palavra: VIDA.

Miudaaa said...

Gosto.Te !!!

Um beijo da miudaaa