Thursday, April 13, 2006

A alguem muito especial da minha vida..

Amiga,

Hoje é um dia dificil na tua vida com o qual é impossível partilhares porque só quem já sentiu dor semelhante à tua pode dizer que percebe. Algumas coisas só vividas é que tem significado e se percebem. Não te telefonei, não te chateei.... esperei que o fizesses porque percebo perfeitamente que hoje te apeteça estar só, a mim também me apeteceria.
Queria te dizer apenas que tens uma grande importância para mim, que me ajudaste e ajudas nos meus momentos dificeis e que podes contar sempre comigo.

Não me sinto bem apetece me dormir e fingir que não existiu o dia de hoje e é o que vou fazer.............................................

Para ti e só para ti um grande beijinho.

4 comments:

inBluesY said...

(um beijinho muito grande)

paper life said...

Um beijinho cúmplice.

Era uma vez um Girassol said...

Então, que disposição é essa, minha linda? Nem pensar, dormir só quando se está cansada....!!!!
Há tempo que não passava por aqui, porque entretanto andei à procura do link e não encontrei...
Agora vou linkar-te para não te perder....
Vá, procura em ti algo que está escondido, inerte e solta cá para fora essa força, fazendo um post diferente!
Que tal este desafio?????
Sou um girassol e tenho o poder de dar energia e calor a quem precisa deles!!!!
Vou ler o resto dos posts e já volto....
Beijinhos

Era uma vez um Girassol said...

Depois de ler os teus posts, voltei!
Verdade-verdades
Claro que não existe apenas uma verdade, felizmente! Isso são coisas impingidas pela religião...
Existe a verdade que vamos construindo, dia-a-dia, com carinho, com amor.
Coisa Ruim
Não vi, mas gostava de ver; crendices não, mas a mística interessa-me. Quero crescer espiritualmente, quero a minha mente aberta para entender o que for preciso...
Molar
Também já arranquei uns poucos...
Mas fazem falta!!!!!
Minha querida, vivemos e sofremos; como saberíamos o que é ser feliz se nunca tivéssemos passado por nada menos bom????
Para ti, nesta Páscoa, desejo paz, serenidade, que te conheças a ti própria, que te ames como pessoa.
Não podemos e não devemos viver em função se outrém.
Beijinhos