Sunday, March 23, 2008

ás de copas já saiu e é a minha vez de jogar

ás de espadas é morte

ás ouros é sorte

ás de paus é horror

ás de copas é amor.

o baralho da vida

no jogo

contra ou favor

do encontro,
onde
o nascimento é vida
e
a despedida é dor.

no começo tudo é poesia:

magia,

todas as cartas são brancas!...

24 comments:

PavlovDoorman said...

Então para mim são dois Ases vermelhos se faz favor, a ver se faço um Fullen...

Boa semana para ti também Menina das Velas
Beijinho

Dawa said...

Tão lindo!
:D
Beijinho grande, Princesa! ;)

Sérgio Figueiredo said...

Os meus agradecimentos pela tua visita ao meu blog.

O teu post devo confessar que não conhecia esse jogo de cartas, nem o simbolismo das cartas. Achei interessante e, de facto até começar todas elas são brancas, depois...será sorte?

Bjs

Maria said...

... e não há dois baralhos?

Boa semana, Vela.
Beijo

Carracinha Linda! said...

Boa sorte então nesse jogo!

Beijo grande!

Tita - Uma mulher, Um blog, algumas palavras said...

Gostei de te ler.

Prefiro as cartas brancas para poder ir eu, aos poucos, preenchendo...

Um beijo

Teresa Durães said...

ainda bem que não acredito em destino nem em sorte ou azar

Maria Laura said...

E se, quando as cartas começassem a estar muito tingidas, pudessemos recomeçar com um novo baralho? De cartas brancas, claro.

nothing said...

:) Bonita comparação...

Beijinho e boa semana

Vício said...

por vezes até um duque faz figura!

Joanne said...

no começo tudo é poesia:


magia,


É mesmo mágico! =)

Pink said...

E q jogo de cartas é a nossa vida!
Pensamos ter 1 bom trunfo...e zás!
Alguém nos bate n jogada com 1 carta maior...
Jogo de sorte e aza...
A vida também é assim. 1 jogo q não sabemos que carta vamos buscar ao baralho, se no proximo passo teremos sorte, ou não.
Jogo.
Mas se a vida fosse demasiado previsível, c as cartas todas em cima d mesa...não perderia a graça?

Lídia said...

... não se arranja por aí baralhos só com ases de copas e ouros? A vida não teria a mesma emoção. Os dias seriam perfeitos? Bjs

Sandro said...

Excelente o casamento da foto com o texto. Muito bom mesmo.

Um vida cheia de ases de copas... é sonho, mas é sonho bom!

Beijo..

veritas said...

Joguemos, sem temor,as cores e formas das seguintes...estão nas nossas mãos...se em tal acreditarmos, de verdade...

Bjs. Boa semana.

poetaeusou . . . said...

*
carta em branco ...
... o próximo ...
,
conchinhas
,
*

melgadoporto said...

Adoro jogar às cartas e do colorido dos naipes.
A sueca é dos mais perfeitos, no meu entender.
Junta a sabedoria com a “matreirice”.
Trocam-se sinais de perfeita coordenação.
Para mim chega-me, esta “poesia”.
Qualquer naipe é bom, chega que seja “trunfo” :)

fatima pb said...

um beijo e um carinho, meus, para ti

Sea star_ Hannanur said...

Passei para te desejar um Bom dia e ler-te.

Não gosto de jogos de cartas.
Quanto ao baralho da vida, eheheh, devo andar a baralhar demasiado as cartas.Ando numa confusão que nem imaginas(mais risos) é só copas!!! Ou talvez esteja sómente a misturar sentimentos.Enfim, isto ou passa, ou define-se.

Um beijinho Velinhas.

Maria P. said...

...e a vida é um jogo.

Beijinhos*

pn said...

no baralho da vida, com um acertado macete, o começo, meio e fim, pode ter (muita) poesia!

Maariah said...

Gosto da ideia de todas as cartas serem brancas, dá-me a sensação que posso escolher o que quero.

Contagem decrescente para Portishead... diverte-te!

Deusa said...

Interessante, nao conhecia. Gostei de ler! E gosto da música!

Vera Carvalho said...

Fantástico, maravilhosamente escrito!
Nunca deixemos perder da mão o ás de copas.