Monday, February 02, 2009

confissões

para todos os que lêem o as velas ardem sempre até ao fim, vou responder uma pergunta, já que percebi que preocupo muitos dos que aqui passam com meu estado de espírito.A pergunta é:
os textos escritos neste espaço virtual são verdadeiros?



SIM, por isso escrevo na primeira pessoa porque é uma forma de intimidade.de mim para ti que estás do outro lado. passo a verdade ou pelo menos um estado de espirito quanto à minha realidade, como a consigo perceber....e no fim eu até gosto desta partilha, até da incerteza que provoco em quem me lê.
escrevo sobre o que observo e sobre a minhas vivências, misturadas com alguma dor ou prazer e que são transformadas em textos de puro eu.eu sou uma diversidade de sentimentos.
SIM, posso estar mais desanimada nestes ultimos dias (a ajudar chegou também uma gripe no domingo...), dominada por uma dor que me percorre as veias da vida, sem que isto me torne uma pessoa fraca.
momentos de tristeza são momentos de tristeza e isto não invalida a força de um carácter.
todos nós podemos ter estes momentos... quem nunca perdeu o rumo por uma frustração. quem nunca achou que não valia a pena amar mais. quem nunca chorou atrás de um sentimento. quem nunca depositou no vida toda a sua percepção de felicidade. quem nunca construiu histórias e percebeu que estava sozinho e ficou sentado na beira do mar . quem nunca ouviu Maria Bethania e se identificou com a canção. será que isto tudo nos torna tolos? fracos ? dependentes ? ou apenas humanos?
posso dizer que a vida não faz sentido, neste momento, porque uma sensação suficientemente forte a que se chama dor está a tomar conta dela, porque a memória desta se fez mais presente neste instante.mas é também humano renascer das cinzas, aproveitar a força do tempo para voltar à tona, sacudir a poeira e dar a volta por cima... mas é preciso tempo!


enfim sou eu, literalmente nos posts, mas também quem mais se quiser confessar .... somos nós todos , mesclados no sentido maior da humanidade : ser um Universo de sentimentos numa só Pessoa. assim somos nós.

Nós temos cinco sentidos:
são dois pares e meio de asas.
Como quereis o equilíbrio?(David Mourão Ferreira)
eu não tenho vergonha das minhas fraquezas, esquecimentos, inseguranças e muitas vezes descontrolos porque no fim o tempo vai me trazer a força e eu vou conseguir ser ...
completem vocês...

62 comments:

Bandida said...

de uma forma mais ou menos explicita vamos deixando pedaços de nós. sempre. é assim que somos. os textos são sempre verdadeiros porque nos saltam da pele.

és corajosa e linda, minha querida velinhas.


um forte abraço!

Rolando Palma said...

Como dizia o nosso poeta maior...

" Coragem é ser pessoa no meio da multidão..."

Obrigado por isso.
Em maíusculas.


http://entremares.blogs.sapo.pt

Fenix said...

Amiga!

Vale sempre a pena amar.
Sofrer faz parte...
Se estivermos sempre a fugir ao sofrimento nunca chegamos a amar e dessa forma nunca nos entregamos e perdemos a possibilidade de ser amados.
Olha, lê o que eu sinto e penso ao fim de muitos sofrimentos e tristezas. Lê o que eu escrevi A uma Pessoa Linda…

Beijinhos
Vais melhorar!
Fenix

Nani said...

... feliz!

Borboleta said...

... mais forte do que eras, porque só com o sofrimento e reflexão conseguimos crescer. Com o passar do tempo talvez percebas que essas horas de fraqueza afinal foram horas de grande força...
Beijinhos grandes cheios de borboletas coloridas.

Maria said...

Linda!!!
Partilho as palavras do DMF...

Beijo, Velas

Cruztáceo said...

Esclarecido

just me, an ordinary girl said...

Tu sabes que te compreendo e o quanto te gosto.

um beijo e a oferta de meu coraçao sempre e de minha casa uns dias, para ti
:)

poetaeusou . . . said...

*
pouco interessa, amiga,
o sim, pode ser não,
o não, nim poderá ser,
,
e até, DMF, disse,
é não sentindo que se sente,
diz não ao sim,
porque o sim é nosso,
embora, mais teu, que meu . . .
,
conchinhas,
,
*

Ana. said...

Texto sentido. Adorei!

Dias said...

É-me estremamente dificil ler sem encontrar ou procurar traços autobiograficos. Em ti sempre (julgo) te considerei genuina, nas alegrias e nas tristezas (ja tenho saudades do teu homor, adoro-o :)

Abraço muito forte

PavlovDoorman said...

Confesso que nunca me identifiquei com Maria Bethânia... :P

Beijo e um Abraço Grande para a Amiga Velinhas

Teresa Durães said...

se a tua escrita é verdadeira com o teu estado de espírito ou não, o que importa é continuar a desbravá-la

Apenas eu said...

e no fim tu vais ser aquilo que quiseres...
eu já gosto de ti assim, e de toda essa frontalidade. assumir fraquezas (que todos nós temos) é sinal de que somos de caracter forte.

Gostei de Te conhecer Vela.

beijo

mfc said...

Esta escrita diária só é um pouco importante se contiver alguma verdade sobre nós.
Costumo definir (cá pra mim) o blogar como um estado de espírito.
Doutra forma não o consigo encarar.
Um beijo por seres assim.

mateo said...

" Antes de encontrar o caminho da página, uma palavra tem primeiro de fazer parte do corpo, tem de ser uma presença física com quem se vive tal e qual como se vive com o coração..." (Paul Auster)

Se não é assim... olha que parece mesmo!
Bjs

Lita said...

Este texto é magia pura...
Não é a nossa fragilidade que nos enfraquece, muito pelo contrário. É ao olharmos para quem somos, que descobrimos que somos - sempre - muito mais do que isso!!!
Parabéns por seres quem és.

E vais conseguir ser tudo o que quiseres!!!! :)

poca said...

"... e eu vou conseguir ser..." eu! (tu, leia-se :) )

...um eu feliz. ou não. mas convicto de que não me contentei com menos.
certa de que não desisti. e no meio de todas as dores resisti...

...um eu sonhador. ou simplesmente realista. consciente dos limites e das fraquezas, mas também do valor e das qualidades que o distinguem dos demais...

...um eu bonito. ou já não. mas sincero e real...



(ps. tb me dá raiva os comentários tipo conselho/palmadinha nas costas/chamada de atenção, como se nós fossemos seres que não sabem nada, à espera do comentário que nos salve do mau caminho/depressão.. grrrr)

maria josé quintela said...

és tu sim!



vestida da mais transparente humanidade.



um abraço.

pn said...

...uma luz. trémula, às vezes, outras, fulgente de intensidade.
mas sempre luz.

faço-te uma reverência e saúdo-te com ternura.

tio-paulo.

Zélia said...

vais ser tu... quer na tristeza quer na alegria!!
Vais ser fiel a ti própria e também acredito que vais ser feliz :)

Continua a lutar pela tua felicidade, eu fico a "ver-te" :)

Beijinhos

Maariah said...

Estou a sorrir porque a palavra que me ocorreu para completar a frase seria "Eu". Palavra também escolhida pela queridissíma Poca.

Eu, sim porque eu (nós) somos todos essas imperfeições, e é na imperfeição que nos tornamos especiais. Nas fraquezas, inseguranças ou descontrolos como tu escreveste.

BEijinhos.

Deusa e Rainha said...

Equilibrio? com masi 2 pares e meio de asas ao nosso lado... Tempo... uma optima terapia... força. Bjs

Su said...

essa frase de DMF diz tudo....

e obvio que assim és.....

somos todos um conjunto de momentos sentidos...........

jocas maradas.sempre

inBluesY said...

e és muito!

mas o inverno teima em pesar, um pouco mais, o canaço desta vida.

1bj *

A said...

Para ti.

:)

http://psicologiasdatreta.blogspot.com/2009/02/recomecos.html

Vamos recomeçar?

Rally said...
This comment has been removed by the author.
Joana Carvalho said...

Obrigada pelas suas palavras no cantinho que criei dedicado inteiramente à minha mãe... De momento, é que começam a faltar as fotos dela, porque não as tenho todas no pc.
Beijinho e agradeço as palavras de força!

O Fio da Meada said...

é essa partilha que me faz também gostar muito de ti

(até já)

(...)

...vou conseguir ser 'chama para a minha vela.'

:|

:)

beijocas

João o Protestante said...

a verdade com que escreves será por ventura, a verdadeira razão de ao chegar aqui ser já o 30º a comentar! ..quantos mais virão só ler???

BÓLICE said...

Vamos a "Eles/Elas", no global "iT", que o pior está p'ra vir... porque eu sei do que falo. A velhice deve ser do pior que há, mas cá estaremos "todos" ou ñ, para o testemunhar. Que seja o que for, porque Resistir É Vencer. Hasta SiemprÉ, coño!

FORÇA, caraças

B)'iL

Thiago Forrest Gump said...

Afinal também é para isto que serve a blogosfera!

:)





Beijo

maripoza said...

.. vais conseguir ser feliz, pois já és tu própria, com esta franqueza que te caracteriza.

Gosto de te ler.

Beijos esvoaçantes

Roderick said...

Todos nós temos momentos assim!

Mãos de Veludo said...

és grande! =)

Chinezzinha said...

O “Toque d’Alma” e “Letras e Sensações” considera-te um blog maneiro.
Vai lá buscar o selinho.
Beijinho

Chinezzinha said...

Vela,
Nunca me passou pela cabeça que fossem mentiras o que aqui escreves.
:)
Beijinhos

Maariah said...

Podes não sentir (ler) a minha presença mas eu ando sempre por aqui.

E hoje tens Pogues. Ao tempo que não ouvia Pogues. E que belo concerto que assisti.

AnaMar (pseudónimo) said...

Porque há em cada um de nós um pouco de todos...
Bj

HannaH Sophia said...

ola...
vim aqui agradecer a visita e os comentarios. ainda nao tive tempo de ver o teu blog, mas tou curiosa...

qnto a tania, encontra-se estável. se quiseres podes acompanhar as noticias diárias no blog que os amigos criaram para ela:
http://queridasnow.blogspot.com

beijinho e obrigada pela preocupaçao.

NunoSioux said...

Abrir o coração em palavras é um dom, um sopro de vida que se espelha em cada palavra....
Cada momento é um momento e as emoções espelham aquilo que realmente somos.....

:)

Annie said...

Acho muito bem (:

Força. Mesmo, nota-se o sentido *

Ana said...

Nem sabes o quanto me encontrei nas tuas palavras... Por vezes não é fácil acordar e ter forças para erguer a cabeça. Quero acreditar que são fases e que o amanhã nos fará de novo sorrir. Nesta luta continua de querermos ser pessoas melhores e felizes o caminho é por vezes muito turbulento mas será este mesmo caminho que com toda a certeza nos levará onde merecemos.

Pedrasnuas said...

Nem és tola ,nem fraca...nem dependente.
O que escreves não é mais do que alguém a querer viver!!!!!
mal de ti se não fosse assim!!!

Um abraço amigo

Pedrasnuas said...

Voltei para dizer que gostei da foto! Revelas bom gosto!!!

Kiss

Mαğΐα said...

... nada a completar, vais conseguir SER!

Magikiss

Black Angel said...

selo para ti. vai buscar

Black Angel said...

selo para ti. vai buscar

Pearl said...

http://shinningpearl.blogspot.com/2008/09/esclarecimento.html



O link que te trouxe é dum esclarecimento meu no mesmo sentido que o teu.
Normalmente hoje se uma pessoa se vai um pouco abaixo de si mesma é considerada depressiva, nunca se avaliando que pode haver um motivo que nos faça mergulhar mais fundo!
Assim é a mente assim somos nós...só humanos afinal!

A ti desejo-te o tempo necessário para te pores de pé porque com este post percebi que és forte de espirito e carácter!!

Quanto a mim, eu estou lá onde me encontras sempre e se precisares a minha porta está encostadinha!

beijinho

vida de vidro said...

Vais conseguir ser tu própria! Única e igual. Com tristezas e alegrias. Fraquezas e forças. Como todos nós. Beijo.

amazing said...

feliz e tu mesma

joão said...

o teu blog és TU. um pouco lamechas, refinadamente observadora, por vezes inteligentemente caustica, demasiado egocentrica... e com pessimo gosto para fotos (já pensas-te em comprar uma camera e postar fotos tuas? pensa nisso...), fora isto, boa escrita. por vezes surpreendes-me, e olha que não é tarefa facil.

Ana said...

Querida vela, passa pelo meu blogue, este post foi também a pensar em ti! Que esta música te faça também sorrir!
Beijinhos e bom fim de semana!
Ana

Sandrine said...

É um dom conseguir partilhar a nossa vida com pessoas que não conhecemos, através das palavras. Melhor ainda é isso fazer-nos acalmar quando acabamos de publicar um texto e sentir as respostas dos outros como se tão proximos nos fossem e estivessem ali sentados, bem ali ao nosso lado.
Continua a construir este teu cantinho com todos os teus sentimentos, mistura-os e vive-os. Assims e cria a magia deste blog. beijinho grande*

Luis Eme said...

sim, eu sei que és tu.

és quase transparente...

bjs Velas

Lídia said...

... claro! Verdadeira contigo própria. Não seria de esperar outra coisa :)

melgadoporto said...

… e eu vou conseguir ser o que sempre sonhei – feliz!
:-)

Eumesma said...

...vais acabar por te sentir melhor, vais acabar por acreditar mais nos outros, porque tesn pessoas que que leim dia após dia sem te conhecer, que te apoiam sem te ver e isso bem, isso é mto importante pelo menos para mim é, aliás se não fosse a Internet, e o meu espaço onde posso descarregar mágoas e saber que existe lá sempre alguém que me empurra para cima, bem, se não fosse por isto já não sei onde estaria por vezes!
SEi o que não ter fé nem esperança em nada, mas recuso-me a desistir, amnha éum novo e apesar de achar cá para mim que vai ser uma boasta, digo-te aqui que ninguém no ouve ;-), que temos que contrari esse maladito pessimismo seja de que maneira for...!

Ufa, estiquei-me nas palavras , sorry, mas nunca te esqueças que o teu blog serve para aquilo que quiseres!

Fica bem (ou o melhor possivel)!!

mié said...

Gostei.

Quem?

Sentir não é ficção.

um beijo

enorme

Dawa said...

Comprendo-te... acho eu.
"eu não tenho vergonha das minhas fraquezas, esquecimentos, inseguranças e muitas vezes descontrolos porque no fim o tempo vai me trazer a força e eu vou conseguir ser ..." Muito bem dito!
Eu terminaria aí mesmo: conseguir ser!!!
Beijinhos!

solange said...
This comment has been removed by the author.
solange said...

FELIZ, porque sou especial, porque sou verdadeira e exponho-me sem hipocrisias, porque mereço sentir a alegria e a amizade dos que me cercam, porque estou a crescer e os meus desabafos dar-me-ão forças para ser inteira, porque as pessoas como eu lutam e não desistem de ir ao encontro de dias de sol, ainda que chova!