Monday, June 08, 2009

Lagos I e II_Sophia de Mello Breyner Andresen

Lagos I
"Un jour a Lagos ouverte sur la mer comme l’autre Lagos"
Senghor

Em Lagos
Virada para o mar como a outra
Lagos
Muitas vezes penso em Leopoldo Sedar Senghor:
A precisa limpidez de Lagos onde a limpeza
É uma arte poética e uma forma de honestidade
Acorda em mim a nostalgia de um projecto
Racional limpo e poético
Os ditadores – é sabido – não olham para os mapas
Suas excursões desmesuradas fundam-se em confusões
O seu ditado vai deixando jovens corpos mortos pelos caminhos
Jovens corpos mortos ao longo das extensões
Na precisa claridade de Lagos é-me mais difícil
Aceitar o confuso o disforme a ocultação
Na nitidez de Lagos onde o visível
Tem o recorte simples e claro de um projecto
O meu amor da geometria e do concreto
Rejeita o balofo oco da degradação
Na luz de Lagos matinal e aberta
Na praça quadrada tão concisa e grega
Na brancura da cal tão veemente e directa
O meu país se invoca e se projecta.


Lagos II

I
Lagos onde reenventei o mundo num verão ido
Lagos onde encontrei
Uma nova forma do visível sem memória
Clara como a cal concreta como a cal
Lagos onde aprendi a viver rente
Ao instante mais nítido e recente
Lagos que digo como passado agora
Como verão ido absurdamente ausente
Quase estranho a mim e nunca tido

II
Foi um país que eu encontrei de frente
Desde sempre esperado e prometido
O puro dom de ter nascido
E o sol reinava em Lagos transparente
III

Lagos lição de lucidez e liso
Onde estar vivo se torna mais completo
- Como pode meu ser ser distraído
De sua luz de prumo e de projecto?

IV
Ou poderemos Abril ter perdido
O dia inicial inteiro e limpo
Que habitou nosso tempo mais concreto?
Será que vamos paralelamente
Relembrar e chorar como um verão ido
O país linear e transparente
E sua luz de prumo e de projecto.

6 comments:

Teresa Queiroz said...

recordei Lagos aqui :) obrigada ... embora as lagrimitas tenham escorripo por aqui abaixo :( :) de saudade e de não ter vivido o que quis em Lagos

heheh mas não ligues que sou uma chorona com idade para ter juízo!!
bj

gostei de ler

teresa

Teresa Queiroz said...

e se aí em Lagos estiveres ... manda um beijo meu às minhas gaivotas , elas sabem que eu sou ;)

obrigada

Ás de Copas said...

O amanhecer de Lagos é repousante...

Beijo

maripoza said...

E se não houver mudança de planos, é para onde irei nos próximos dias :))))

Beijos!

Porcelain Doll said...

Ah, ok, Lagos... conheço, mas não conheço bem... ;)

Beijinhos

Dias said...

Lido est mas: Lagos ?! Não tens blogcara de Lagos... :)

Espero que tenha sido fantastico e acima de tudo que estejas ainda melhor.

Abraço de regresso