Saturday, July 12, 2008

simplesmente um poema lindo(12.07.1990-17.10.2004)

lembra-te
que todos os momentos

que nos coroaram
todas as estradas


radiosas que abrimos
irão achando sem fim

seu ansioso lugar
seu botão de florir



o horizonte
e que dessa procura
extenuante e precisa



não teremos sinal
senão o de saber
que irá por onde fomos
um para o outro

vividos.


[Mário Cesariny]

17 comments:

Pedaços de Cereja said...

Muito bom :)
Beijinhos *

rjl said...

:)
*

Su said...

gostei mto

jocas maradas

pn said...

insondáveis as vias para não chegar ao "lugar" sozinho...
mas,,,

Vanda said...

Caminhe-se :)


Imagem muito bem escolhida!


Bfs e um beijo, velinha!

fatima pb said...

nao conhecia e gostei muito!
da imagem também.

um beijo grandeeeeeee

Bia said...

Lindo!...De tirar a respiração!

Mateso said...

Leio feliz... uma doçura vivida...
Bj.

Só Eu said...

laro. Simplesmente um poema bonito.
Belissima escolha.
Beijinhos

poetaeusou . . . said...

*
simplesmente,
mario cesariny,
,
conchinhas
,
*

Pedro Branco said...

Sim. Lindo. Um poema.

Lídia said...

Beijinho... fiquei bem disposta :)

tufa tau said...

todos os caminhos num lindo poema

Carracinha Linda! said...

É em memória do amigo peludinho que tiveste, não é?

Beijos carinhosos para ti...

nuvem said...

É lindo sim senhora.

Beijinhos :)

Nogs said...

Lindo mesmo!


Beijoca

João o Protestante said...

Cesariny a provar que não era só a irreverencia que lhe deu parte da sua fama mas também muita sensibilidade e beleza na sua arte