Monday, June 26, 2006

Depois de pensar bem..será que estamos SÓS?

Se estas só não fiques triste,
Da ouvidos à solidão e fala com o outro lado de ti,
Ficarás assim em presença
a do teu maior amigo.
Aquele ser invisivel a quem pedes conselhos,
Com quem dialogas em pensamento,
A quem pedes compreensão para contigo.
Vais descobrir coisas lindas todos os dias,
Vais com ele até à tua infância,
Com ele, vais em busca do futuro,
Com ele dividirás tristezas e alegrias,
Com ele descobrirás a tolerância,
Com ele navegas pelo seguro.
Estavas só e triste,
Mas um novo aliado já descobriste.
Sê forte e continua as tuas descobertas,
Agora na outra face do teu ser,
Aqui há também um inimigo,
O que te tira o sono,
O que te tira o prazer.
Mas ouve-o, escuta-o com atenção,
Ele tem coisas para te dizer.
Coisas más, por certo,
Coisas terríveis, às vezes,
Mas não fiques triste,
Mantem o teu espírito aberto.
Este inimigo vai-te tentando,
Vai-te obrigando a fazer o que tu não queres,
Vai estar contra o teu amigo também,
Mas... luta, luta porque vale a pena.
São duas forças contra uma,
A tua e a do teu amigo,
São dois contra o exterminador.
Mas uma batalha perdida
Não significa perder a guerra,
Se tudo for feito com amor.
Como vês, não estas só!
Se não estas só, não podes estar triste.
Então abre o teu espírito à convivência,
Continua a dialogar contigo próprio,
Um dia sorrirás de alegria,
Quando olhares à volta do teu "EU"
E vires uma imensa multidão
Que te dá vivas e te adora.
Se estás só, não fiques triste,
Porque afinal a maior tristeza
É a de pensar que estás só.
Não tens razão para estar triste,
Porque afinal a palavra SÓ não existe!

17 comments:

Sara MM said...

existe sim........ e muito!!!!

Bjss

as velas ardem ate ao fim said...

Eu sei minha querida...por isso é que tenh que tentar viver comigo!
1 bjo

Giorgia said...

Fantastico post... pra ler nos dias em que nao me lembro bem quem sou...

beijokitas enormes

madalena pestana said...

Existe existe e é muito maior que as duas letras que tem.

Mas está bem escrito.

Por falar em palavras, já por lá há algumas caso queiras.

:)

little_blue_sheep said...

...podemos estar sós...mas podemos sempre lutar contra essa solidão...
gostei das tuas palavras!
bjoka e boa semana!

inBluesY said...

a eterna dualidade :)
excelente Post Amiga

jokas

Dark-me said...

Entendi a mensagem! Adorei!
Jinho

Ant said...

Pois... lá que existe, existe. Mas é só mais um percurso como outros a percorrer... um pé de cada vez.

Beijos

Isa Calixto said...

A solidão existe...mas é tantas vezes nela que nos procuramos e encontramos...e quando isso acontece a multidão ao nosso lado é imensa...
Gostei muito das palavras no meu refúgio...obrigada pelo carinho.

Um beijinho de boa semana

Salvador said...

A solidão existe, mas ainda bem q tenho blogs amigos para visitar.
Obrigado...

bjs

alice said...

olá ;)

bem, hoje tenho um papel deveras complicado

o poema que deixou no meu blog é demasiado bonito para mim...

quer dizer, eu não mereço poemas, se é que me faço entender

agradeço de coração e conheço bem a insuficiência de agradecer

é uma letra de uma música? ... é arrepiante e fiquei sensibilizada

quem partilha poesias assim, nunca está só, tem chama e luz interior

um grande beijinho para si

alice

lena said...

hoje dei por mim a ler o teu blog, faz tempo que não passava por cá, tive que colocar a leitura em dia, encantei-me com muitas das tuas partilhas

quem escreve assim como tu não estará só certamente, se a solidão existe? aqui não a consegui sentir, as palavras que aqui partilhas mataram essa solidão. foi excelente ter passado e que belo post o de hoje

beijos meus e voltarei mais assiduamente, para não perder tanta beleza

lena

the postman said...

Concordo que a solidão seja, muitas vezes, uma descoberta.
Ao estar só passo muitos dos momentos que me dão mais prazer na vida. Por outro lado, é a solidão que dá cabo de mim, quando eu não chego para me fazer o que quer que seja.
No geral, acho que a solidão não é tão negativa como a pintam, embora possa ser também um caminho da perdição.

Vanda Baltazar said...

Escrito por quem decerto já teve a solidão por companheira...não a solidão fisica....a espiritual...

E depois sentiu o nascer de um novo dia, de um novo ciclo, sentiu a Primavera a brotar...

Uma ode à esperança!

UM beijo

Van

as velas ardem ate ao fim said...

Alice,
Pensei que conhecesses a musica e do Jorge Palma.Bjos

as velas ardem ate ao fim said...

Alice,
Obrigada por teres gostado do meu presente.

alice said...

só agora vim ler as tuas respostas

lembrei-me que poderias ter feito isso aqui na caixa de comentários

não reconheci, de facto, mas gostei imenso e vou postá-la no meu blog com referência ao teu, ok?

ainda só não sei quando

muito obrigada mais uma vez

beijinhos,

alice