Thursday, December 21, 2006

e aqueles a quem chamamos loucos...



Parava no café quando eu lá estava
Na voz tinha o talento dos pedintes
Entre um cigarro e outro lá cravava
a bica, ao melhor dos seus ouvintes
As mãos e o olhar da mesma cor
Cinzenta como a roupa que trazia
Num gesto que podia ser de amor
Sorria, e ao sorrir agradecia
São os loucos de Lisboa
Que nos fazem recordar
A Terra gira ao contrário
E os rios correm para o mar
Um dia numa sala do quarteto
Passou um filme lá do hospital
Onde o esquecido filmado no gueto
Entrava como artista principal
Compramos a entrada p'ra sessão
Pra ver tal personagem no écran
O rosto maltratado era a razão
De ele não aparecer pela manhã
Mudamos muita vez de calendário
Como o café mudou de freguesia
Deixamos de tributo a quem lá pára
Um louco a fazer-lhe companhia
E sempre a mesma posse o mesmo olhar
De quem não mede os dias que vagueam
Sentado la continua a cravar
Beijinhos as meninas que passeiam
(Loucos de Lisboa_Ala Dos Namorados)
e aqueles a quem chamamos loucos...
[não venho falar do Natal dos Hospitais, não porque o programa em si me deprima e por isso não gosto nem vejo*, porque acho que para fazer o bem não são precisas caras bonitas e famosas nem camaras de televisão, mas porque tudo já foi dito no excelente suck and smile ( no post de 13.12).]
mas apetece me questionar
porquê que o Natal dos Hospitais não é emitido a partir de um Hospital psiquiatrico?????
São" loucos"....não interessam...
*esta é apenas a minha opinião podem haver outras....

14 comments:

pintoribeiro said...

Em nome de todos Obrigado. Não menos excelente, sem pancadinhas nas costas, está este. Lapidar. Bom dia, um bjinho,

Anonymous said...

é tempo de despertar a loucura deentro de nós.

Um abraço

Menina_marota said...

"...não te digo do natal de coitadinhos
nem daquele de nós todos tão sozinhos
conformados sem ter sonhos nem espanto..."
(excerto de um poema de Jorge Castro)

Eu deixo-te um abraço, porque para mim, todos os dias são Natal...

Poesia Portuguesa said...

"São" loucos"....não interessam..."

e, porque a minha vida se faz também tantas vezes num corredor de hospital, onde vou levar o meu companheiro, doente de esclerose múltipla, sei o que é estar sózinha, naqueles frios e longos corredores, sem uma palavra " o que fazes aqui..." e na cama das enfermarias, olhos brilham, quando anónimamente os visito, levando o calor do meu coração.

Sim, o Natal é todos os dias, quando o temos no coração...


Um abraço carinhoso e que seja este um Feliz Natal ;)

Giorgia said...

impossivel não estar ao teu lado... infelizmente a sociedade quase nos obriga a equecer certas pessoas... mas tu não, não te esqueces, lutas, questionas... és enorme!

beijokas

A Sonhadora said...

Olá, boa tarde, estou a passar por aqui, para te agradecer as passagens pela minha colmeia....
obrigada pelo carinho e venho desejar-te um Natal repleto de felicidade, amor, paz, harmonia....e também com coisas bem docinhas...kkkkkk
Um bzunnzunn cheio de mel da abelhinha
Ah!!!, já agora que o novo ano te deixe realizar todos os sonhos que tens e que te sejam propicios.....
Abraço

Belzebu said...

Tens quase toda a razão! É que tanto quanto soube, este ano o Natal dos Hospitais foi transmitido de vários Hospitais do país e um deles era o Hospital Psiquiátrico Magalhães Lemos no Porto. Tudo bem, não eram os loucos de Lisboa, mas eram os do Porto!

ehehh!! Saudações infernais!

Sara MM said...

bem visto... muito bem visto...


BJss

bono_poetry said...

LOUCOS SOMOS TODOS...HA QUEM SINTA A ALEGRIA DA MODORRA...MAS DE FACTO...ISTO TUDO E MUITO LOUCO...NAO SE PREOCUPAM EM FAZER ...MAS SIM EM FINGIR QUE FAZEM...WELL..AGORA SEM TEMPO MAS TALVEZ NOUTRA ALTURA TE DIGA COMO PODES AJUDAR...

Anonymous said...

Nos hospitais psiquiátricos há grupos activos e sem pancadinha nas costas que os apoiam no criar e libertar. Graças aos homens que olham com atenção.

Obrigado pelo post.

:)

Anonymous said...

Loucos?
Loucos somos nós.... Que andamos aqui...

Beijos com canela e Açúcar

(sim sim a maçã verde foi colocada tb a pensar em ti)
Maçã de Junho

Anonymous said...

loucos loucos, somos loucos ou entao tentamos ser normais :))

bjs
Tiago

Memórias de Um Sorriso Luso said...

Passei para te ler e agradecer a simpatia.

Quanto ao que escreveste, nem comento.Tenho uma muito má impressão do que se passa nos hospitais em Portugal.

Paz e um Santo Natal

e sim...melhores dias virão! :)

Anonymous said...

porque os loucos estão à solta, rapariga, e não nos hospitais psiquiatricos

ou pensas que a dita normalidade é saúde???

se pensas que sim, então, olha, sou louca e prefiro-me assim.

:)

bom solstício!