Friday, September 21, 2007

de ti

Podia falar-te do tempo...
De como está vento...
Do verão que não está certo.
Podia falar-te do meu tempo,
do que já passou e do que virá... se vier...
Podia falar-te de como o fim pode estar perto.
Mas nada disso quero dizer-te.
Peço-te só um minuto antes de me fechares a porta pela última vez.
Peço-te só um quarto de minuto para te dar um beijo.





E te deixar de vez com a tua noite.

30 comments:

sonia r. said...

Um bom fim de semana e um bjinho.

Pepe Luigi said...

Maravilhoso poema que nos envolve do princípio ao fim.
Gostei!

Belzebu said...

E esse tempo foi concedido? Afinal nem era pedir de mais!

Aquele abraço infernal!

pn said...

A noite é um reduto imenso, por vezes buscado por quem está do sol cansado...

Memórias de Um Sorriso Luso ® said...

Ai Velinhas....este post parece que me é dirigido(claro que não..jejejej).

Kiss e Bom fds

Zélia said...

Beijinhos e bom fim de semana :)

maria josé quintela said...

um quarto de minuto, é tempo que baste para criar raízes na memória!

Roderick said...

A noite é boa conselheira
Beijos

little_blue_sheep said...

Bom fim-de-semana!

tufa tau said...

conseguiste o quarto de minuto?
abraço

Letras de Babel said...

mais de uma década atrás e essa canção seria o suficiente para pedir um quarto de minuto para beijar alguém - que, por acaso, ouvia a mesma canção.

............

hoje, resta ela. nem me teria lembrado do resto se não a ouvisse aqui.
deve ter sido a melhor parte da história, afinal.


beijos

______.

Maria said...

Que quarto de minuto mais longo......
É um bonito poema, vela.

Beijinho

Opintas/Bernardo Kolbl said...

Estou cá, vim deixar um abraço.

veritas said...

E quem pode dizer "não" ao mais sublime dos pedidos??

Bjs. Desejo-te um excelente fim-de-semana.

MIMO-TE said...

Eu também ainda estou aqui, talvez, so me tenha refugiado na minha concha. A vida é assim, por vezes é preciso tempo só para nós. O que escreves-te também é para mim e com certeza para tantos... a musica é linda e faz parte das que mais gosto.

Lindo o teu sentir.

beijos com todo o mimo

Bia said...

Lindo... muito envolvente!

Bandida said...

haja o que houver...


aqui para te dar um beijo, querida V.



B.

PintoRibeiro said...

Bom domingo, bjinho.

Half Heart / Half Stone said...

adorei.

MiguelGomes said...

Bonito... Ansioso... Bonito novamente.

Fica bem,
Miguel

un dress said...

belO...

/ belamente terminal...






beijO

Mina said...

São momentos únicos... e mais não digo :-)
Bjs!

Mãos de Veludo said...

eu de ti queria as tuas mãos aqui: http://ponhaaquiamao.blogspot.com/

:D:D:D:D

Miudaaa said...

Um Beijo dadooo???
Bonitas Palavras. Gostei MUITOOO!
um beijo da miudaaa

Pedro Branco said...

Não tenho tempo. Perdi-o por aí. Talvez na aragem de uma voz cristalina. Que nunca me cantou. Impossível... Todas as vozes entram em mim. Ainda por cima as cristalinas! Mas o facto é que não tenho tempo. Os meus olhos vêm passar os minutos e os quartos de minuto e não tenho tempo. Não o encontro. Como posso dar-to?

Teresa Durães said...

deixo um beijo

Tejina said...

Um quarto de minuto pode ser o suficiente para virar tudo ao contrário, do avesso ao direito, ou talvez seja antes o beijo!!!

Eu deixo-te um beijo com carinho!

João Silva said...

é bom sinal quando ao ler algo sentimos algo...talvez um pouco das emoções que o escreveram! é bom... ;)

Utzi said...

Adorei.

Sem palavras...

Beijinhos

Vera Carvalho said...

A simplicidade das tuas palavras sempre me fascinaram, sempre me falaram mais que qualquer outras e não sei porquê...
Talvez esse beijo também contenha uma infinidade de palavras!
Um abraço para ti;)