Thursday, November 20, 2008


dormir.
antes de dormir
tento imaginar que minha cama não é tão grande
que só cabe uma respiração.
às vezes espero que fique pequena
o suficiente.
ideia fixa.
engraçado é como uma ideia fixa,
pode mudar a vida
ou o modo como a vejo.
para que a falta que sinto
seja dividida por dois
e não acumulada tão grande dentro de mim.
sim.
conheço o sim
o tom da verdade nas horas
que vêm de trás
de tudo de mal que possa haver.
o importante é a vontade
é ouvir
mesmo o que não se quer.
é a palavra certa,das pessoas certas
apesar de todo o resto.
e fazer o que tem de ser feito.

20 comments:

Teresa Durães said...

é sempre bom ter alguém ao lado e não encher a casa de silêncio

Vício said...

uma cama com 2 respirações é bem melhor! ;)

Brain said...

Eu também conheço o sim.

Só ainda não descobri,
O porquê desta quase necessidade de te visitar, sempre, sempre e sempre.

Mas também,
Não me esforcei muito.

Porque gosto! Ponto.

E isso, basta-me!

Um Beijo meu.

Pierrot said...

Aiiii, onde foste tu buscar esta foto... brutal amiga.
E escreves como ninguém, bolas!!!
Bjos daqui
Pierrot

impulsos said...

Estou com o vício... uma cama com duas respirações é bem melhor!

A foto é demais e o teu escrito, bem... é singular.

Beijo

melgadoporto said...

“a palavra certa, das pessoas certas”
Como nos fazem falta ambas.
Mas conviremos que não é fácil!
A palavra e mais ainda a pessoa certa.
Não falando da suprema importância do momento certo.
Só com este o círculo se fecha de forma única.
É bom quando acontece!
É péssimo quando se nos escapa!
:-)

Momentos do Ser said...

Gostei do texto :)
Continua assim!

Reneia said...

Blog fantástico!

"as velas ardem sempre até ao fim" E quando alguém decide apagá-las com um sopro mortal?

Reneia*

miak said...

Bons pensamentos... por mim que não ando a ouvir...

said...

É bom fechar os olhos e dormir. Faz-nos esquecer o que (não) somos.

Um beijo *

pn said...

Havia o Idéafix, no Astérix, não havia?

mfc said...

Partilhar é óptimo.

AnaMar said...

O importante é também, permanecer.
mas as palavras certas das pessoas certas, ajudam-nos a entender.

Mateso said...

..." o tom de verdade das horas..." a razão mbalada na emoção da vida.
Bj.

Pink said...

Vim só p te dizer Olá e mandar 1 bjinho, já q ando demasiada ocupada c toneladas d trabalho.
Até breve!
:)

vida de vidro said...

E fazer o que tem que ser feito. Pois é! Mas é tão urgente esse desejo de partilha! **

Apenas eu said...

ideias fixas...
ver o mundo tal e qual como ele é.
nem sempre a verdade do tempo ou o tempo da verdade nos satisfaz, mas sim!
ás vezes há que ser realista e imaginar uma cama onde só nela cabe uma respiração...
lindo, Vela.

beijinhos

Paula said...

Há que fazer realmente o que tem de ser feito!

Parabéns pelo blog.

Abraço

TRISTAN said...

"Fazer o que tem de ser feito..."

E se não sei como o fazer?


Gostei muitod do espaço. Voltarei.

Dias said...

E as vezes em que se quer para fora da cama a segunda respiração?
Constantes descontentes...

Mas sim, em principio a cama estreitada pela companhia dorme com outra noite.

Bom Post, mais um.

Beijo respirante