Wednesday, January 20, 2010

coisas de que gosto

uma alegria

esta semana nasceu a Madalena
só tem um quilinho...precisa de crescer um bocadinho mais poder ir para casa com a Mamã e o Papá!
mas já é uma Princesa e vai ser uma grande Mulher!


um filme










um poema


Nunca fui como todos
Nunca tive muitos amigos
Nunca fui favorita
Nunca fui o que meus pais queriam
Nunca tive alguém que amasse
Mas tive somente a mim
A minha absoluta verdade
Meu verdadeiro pensamento
O meu conforto nas horas de sofrimento
não vivo sozinha porque gosto
e sim porque aprendi a ser só...
[Florbela Espanca ]

um sabor


um texto

Os bons e os maus resultados dos nossos ditos e obras vão-se distribuindo, supõe-se que de uma forma bastante uniforme e equilibrada, por todos os dias do futuro, incluindo aqueles, infindáveis em que já não estaremos para poder comprová-lo, para congratular-nos ou pedir perdão, aliás, há quem diga que isso é que é a imortalidade de que tanto se fala.
[Ensaio sobre a cegueira_Saramago]


um livro

uma frase


Mulheres e elefantes nunca esquecem.

[Dorothy Parker]



uma musica






14 comments:

Lídia said...

... ai! As delícias do sushi :)
Sabes? O livro marcou-me muito... já o li há muito tempo mas ficou.

Teresa Durães said...

Tão bebé! E gostei batante do 100 anos de solidão

Santo&Pecador said...

Uma Alegria: Não conheço, mas estou certo que o nascimento da Madalena, assim como de qualquer bebé, é sempre uma alegria imensa.

Um Filme: Não vi e não conheço, neste momento o ultimo que vi, ou revi, foi o “Lost in Translation”. Uma prenda tua.

Um Poema: Nunca fui… nunca tive… o mais importante já foi feito: tu!
Um Sabor: Sushi! Sem dúvida, o de segunda-feira.

Um texto: De momento estou com um que me dedicaram, onde uma das frases me deixou a pensar “… os barcos não se fizeram para estarem presos nos portos… às vezes è preciso soltar amarras e partir!”

Um livro: Tenho dois para ler, e estou na dúvida por qual hei-de começar. Se pelo teu o “velas” se pelo “Animais Sortidos”.

Uma frase: Essa é curiosa… respondo com esta: “Quase sempre as mulheres fingem desprezar o que mais vivamente desejam” [Shakespeare]

Uma música: Perfeita! Não conseguia eleger melhor!

Beijo

Pedrasnuas said...

HÁ QUEM GOSTE DE CURTIR A PENA , A MÁGOA ...A DOR ...A SOLIDÃO...ENTÃO ABRAM AS TV E VEJAM O QUE SE PASSA PELO MUNDO FORA...VEJAM O QUE É SOFRER SOTERRADO NOS ESCOMBROS...SEM AJUDA ,SEM NADA...ABANDONADOS...VEJAM O SALVADOR, O TETRAPLÉGICO QUE FAZ O SEU PROGRAMA COM UM SORRISO BRILHANTE NOS LÁBIOS...E MAIS E MAIS... ENFIM....
ABRAÇO

Maria said...

Só não alinho muito no sushi. Prefiro mais um cozido à portuguesa ou uma massinha de robalo...
O pé? Trincava-o :) :) :)

Beijinho

_E se eu fosse puta...Tu lias?_ said...

Sarava!


Caraças e não é que eu adoro todas as coisas que destacas!!

beijinhossssss

rainbow said...

Nota 20 para estas magníficas escolhas. até o sushi! Mas não é surpresa porque sempre que passo por aqui surpreendo-me com as tuas "coisas" que eu tb gosto. Coincidências de quem não se conhece e que o virtual veio tornar possível.

Um abraço

Daniel Silva (Lobinho) said...

pARABÉNS... :) e gostei muito do poema da Florbela Espanca.

beijinhos amigos

JonyFingers said...

Sem duvida que é uma semana marcada pela alegria de ver uma "princesa madalena", tão pequenina e indefesa, a nascer para a vida.

aquele abraço

Barbara said...

Madalena e a novidade dela mesma, Florbela, Saramago, García Marques, Caetano.
Nada a comentar não - só agradecer.

nat. said...

Adorei o poema!

Beijinho e bom fim de semana!

via said...

identifico-me com o poema a música e o filme! ena! nas mouche!

ML said...

é impressão minha ou a solidão é transversal a muito do que aqui se destaca?!
UP girl!

Estranha pessoa esta said...

Já me tinha esquecido do quanto esta música é bontia.

Abraço grande. **