Thursday, August 31, 2006

Poço de Água




Descobri ontem que sou um poço de água!

Acreditem já não estranho nada.....

Intoxicada de água.....

Como esperasse

brotara água no poço,

ouvir na falta,

o poema,

como quem,

no deserto,

faz-se atento à chuva

que,

passo a passo,

cai, cai, cai.......

(eu)

14 comments:

particula-RG said...

Gostei tanto de ler o livro que dá nome ao teu blog!
:)

sabr said...

O elogio da Àgua. Belíssimo. Bom dia, bjinho.

Ana Luar said...

Que CHALCHIUHTLICUE, Deusa das águas te acompanhe na queda... A água é sinónimo de vida... assim vou consierar que escreves-te este poema num estado de pleno bem estar.

Adorei!

amazing said...

Com tanto calor que tens para dar, é lógico que tinhas que equilibrar com água.
KISS

Sara MM said...

isso tem um segundo sentido, não?!?!

... só nao sei qual.. :oP

BJss

grão de areia said...

O teu poço
é de água cristalina...

o teu blog um espelho,
que reflecte a luz que emanas da tua alma,

Bjs

inBluesY said...

um beijinho grande, a melhorar sempre, sempre :)

kikas said...

Agua, fonte de vida. Esta muito bonito

Papoila said...

Um poço de água ... água que constitui 90% de nós próprios... lindo poema! senti o ping ping ping da chuva no deserto. Beijo

Luna said...

Agua algo tão importante na nossa vida, tanto dentro como fora de nõs, é a chuva que rega os campos,é , o mar que nos envolve a alma, são os rios que nos tranquilizão a mente enfim somos unos
beijinhos

Estranha pessoa esta said...

"Intoxicada de água"
Simplesmente lindo...

Adorei sentir as entrelinhas do poema.
Obrigado pela partilha e pelo espelho. bjs

Su said...

jocas maradas de agua

sofyatzi said...

Um beijo grande e bom fim de semana!!! ;)

Llyrnion said...

É por isso q as tempestades são necessárias. A calmaria, por si só, n é garantia de gerar o q quer q seja.

Sim, nem sempre é fácil aguentar a tempestade, é certo... mas, se conseguires, terá realmente valido a pena.

:*