Wednesday, August 23, 2006

Sinto me Outono

Cavo o buraco
onde pouco a pouco
caibo inteira
Larva no casulo
enclausuro me
na vida abismada
me concentro.
Mas amanhã acordo borboleta....



Janela que se abre
para a calma
e a tempestade...
Nos olhos da dor,
o brilho é triste.
Nos olhos da dor,
um brilho existe.
A dor existe?
A dor é triste?

6 comments:

.*.Magia.*. said...

Bom, andamos antecipados...há dias também me senti Outono...
Embora adore o Verão...mas para além da nossa vontade, ele vai chegar, seguido do Inverno friorento brrrrrrrr!!!!!

Beijinhos e magias para ti

little_blue_sheep said...

...gostei, apesar de triste gostei muito...
beijo grande!

Giorgia said...

gostei de te ler hoje, mas nao gosto de te sentir assim... fico a' espera de te ouvir dizer que sentes primavera! ;)

beijinhos

inBluesY said...

a dor é triste apenas se não tiveres aprendido algo com ela, é uma versão pink, pelo menos tento que seja para não doer tanto.
1 BJ*

daniel sant'iago said...

Nem sempre, nem sempre...
Tão feliz o teu poema! Valeu a pena vir aqui...

daniel

sabr said...

Existe e é. Acho. Apesar do calor. Bom dia, abraço.