Thursday, November 02, 2006

Pequenas considerações sobre a vida ou coisa nenhuma...

À uns anos atrás[ era a minha vida bem diferente, não sei se para melhor se para pior] fui ao casamento de uma grande amiga minha, Patricia de seu nome. Na mesa onde me encontrava estava o marido de uma colega minha, médico. Na altura, a conversa parecia estranha...para Ele as pessoas não estavam todas no mesmo estádio/ patamar. Ou por circuntancias de educação, de modo de vida, religião ou por circunstância nenhuma...Achei ridiculo confesso.
Hoje acredito que somos todos iguais todos diferentes!Felizmente alguns sobem os degraus.Acredito na compensação... Entre hoje e Domingo nasce um bébé.O milagre da Vida é sempre uma alegria maior!Enche o coração...Engraçado,hoje o meu dia começou com uma conversa com uma colega sobre..ser Pais! Insectos, repelem e repulsam, mas nada de medos são insignificantes. Eu não gosto destes animaizinhos vai daí e esmago-os.Foi o que fiz hoje à porcaria de uma aranha que estava lá na sala...para espanto dos meus coleguitas!
No Deve/Haver, como se a Vida fosse um T, um diário ou um razão - uma espécie de Contabilidade - em 3 pequenos "lançamentos" no dia reparem como fiquei a ganhar...Pois então Ganhos/Proveitos.

12 comments:

beta said...
This comment has been removed by a blog administrator.
Tiago said...

pequenas considereações em pequenas frases, pequenos pensamentos de um estado de alma.

bjs
tiago

Teresa Durães said...

estava a tentar entender a relação (confesso, não entendi, também não sei se há)

na primeira meditação, concordo contigo

na 2ª, sou mãe e é lindo! (e dá uma trabalheira que nem te conto, eles vêm sem manual)

detesto insectos mas agora aprendi com o marido a não matar aranhas assim. ele viveu 15 anos no brasil onde há piores e anda a explicar-me que não fazem mal... ainda não me convenci. mosquitos mato-os todos.

dever/haver - a vida não é isso. (e os filhos vão crescendo melhor ou pior sem manual)

boa noite!

Anonymous said...

As pessoas são todas diferentes, sim.

O que eu penso é que ninguém é mais importante que ninguém!!

De resto, podem cataloga-las como quiserem, colocá-las em degraus diferentes, etc e tal, desde que nunca lhes tirem a importancia que têm.

O milagre da vida, um nascimento, é o mais belo que podemos observar; é pena doer tantoooooooooo!!
:)

Os insectos, admito há alguns que não me cativaram ainda. Mas são VIDA, tal e qual como nós. A diferença é que nós temos um cérebro maior e mais complexo e capaz de maior numero de funções..
Só mato um animal se ele estiver a a prejudicar-me de alguma maneira.

Beijinhos meus para ti, e não ligues mt aos meus pensares pq eu sou um pouco alienada e as vezes até penso que não caibo neste mundo..

crispipe said...

O mundo é fantástico assim. Todos diferentes todos iguais.
Jokinhas

Miudaaa said...

...venho "dali", com uma frase na cabeça, que acabei de ler " nascemos a chorar e morremos a sorrir "... chego aqui e deparo, com um tema, muito identico, e pronto... vou continuar a pensar... tal qual estava quando entrei aqui... porque os estádios da vida que aqui falas, são os mesmos que trazia comigo...

um BOMMM DIA, para ti, com um beijo da miudaaa

Salvador said...

O milagre da vidas faz-nos pensar...

bjs

Cris said...

na vida não há ganhos, nem proveitos, apenas experiencias, umas boas, outras más, mas gostei muito do teu texto. E vou ver Children of Men!!!

Bjos e bom Wk

MiguelGomes said...

Incógnitas...

Fica bem e bom fim-de-semana,
Miguel

A Cor do Mar said...

Pois... gentes ...!
Beijinhos pra ti ***

Isabel said...

Mata-se uma aranha para poder trabalhar e ser produtivo.
Nasce um ser para que pessoas como eu possar não ter filhos.
Equilibra-se assim esta selva em que vivemos que não difere muito da outra.
é semelhante ao equlibribrio do ecosistema ou não?

Gostei da tua relação, eu tambem a faço de forma semelhante.

Isabel

Guilherme F. said...

Depende, depende muito do que achamos por "ser diferente".
Mas fica a tua observação para a posteridade.
Bj
coisasdagaveta.blogs.sapo.pt