Monday, February 25, 2008

O pimento é feliz

O pimento é feliz.

Os pimentos verdes são verdes.
Depois há os pimentos vermelhos que são vermelhos e todos os amarelos que são amarelos mas todos se misturam bem e resultam numa bela salada.
Os pimentos são pimentos. Felizes e pronto! Mais nada! Simples.
Vamos lá à definição:
"Pimento-Capsicum é o genero de plantas, cujos frutos mais conhecidos são as variedades doces: pimentos ou pimentões e as variedades picantes: as pimentas, também chamadas piri-piri ou malaguetas."

O aparência não é a mesma mas será que interessa??!!

Se pararmos e pensarmos... mas pensarmos mesmo a ponto de acreditarmos, que o nosso corpo pode simplesmente parar neste momento. O coração pode falhar, o cérebro parar, os pulmões rebentarem, as pernas e braços imobilizarem-se.
Face a realidade de todos falhamos um dia, será assim tão importante sermos do grupo dos verdes, dos amarelos ou dos vermelhos?Não será o recheio do pimento o mais importante?
A resposta é simples. Basta ser o que se é.

20 comments:

Hannanur said...

Gosto deles recheados.

E tens razão.Basta ser-se o que se é.Quer os outros gostem ou não.

Já tens lá as minhas musicas.

Kiss

Nês said...

Desculpa-me a invasão, ando a vaguear neste mundo blogosférico pelas primeiras vezes... :)

Apeteceu-me comentar, pois gostei muito da tua analogia! :)
E tens a razão toda, o importante é msmo o recheio! :)
Bjos***

Dias said...

A ideia base é irrefutavelmente muitissimo boa, mas como base, porque mesmo que algum dia descubramos um qualquer grau de equilibrio teremos de levar em conta as caracteristicas individuais de cada cor (principalmente nas não cores)

Beijo colorido

Maria said...

E não é que me puseste a pensar na cor de pimento que eu serei?
Sei que o que importa é ser-se. Mas pelo sim pelo não prefiro o vermelho, é que sou do Glorioso....
Mais a sério, era tão bom que todos percebessemos que a vida é apenas uma linha que pode ser interrompida a qualquer momento... qualquer momento... momento....

Beijo, Vela

Carraça said...

Olá,

Há algum tempo que visito as velas, no entanto só hoje resolvi intervir! :)
Deixa-me que te diga que não podias ter mais razão. Basta ser o que se é e ter-se conteúdo, ser se Feliz e espalhar felicidade à nossa volta…

Um beijinho

Troca Letras said...

Preciso que me ajudem a escolher os melhore de sempre da Musica Portuguesa
Está todo aqui explicado.

sa.ra said...

gosto de todos, dessa diversidade de cores e sabores, objectiva e metafórica...

e da unidade que assiste à diversidade!

:)

gostei muito deste post de cores vibrantes!

beijinho

Dia muito feliz1

fatima pb said...

Eu, por ex, não sei de nada de tua aparencia e gosto mt de ti.

:)

Um beijo grande!!!

Miudaaa said...

Lógico, Lógico que sim!!!

Não sei o teu partido, nem o teu clube, nem a tua cor preferida... posso desconfiar que seja o azul, mas isso não é de todo importante. Gosto mais de saber que tu és quem és... e sei que tu saber ser o que és.

Um ser profundamente sensível e BONITOOO.

Um beijo da miudaaa e parabéns por esta vela preciosa!!!

Miudaaa said...

tinhaaa que ser um errito, pois clarooo :(

"...e sei que tu sabeS ser o que és."

inBluesY said...

e sabes o que soa melhor nessa frase ?

é a simplicidade.

a final a vida poderia ser simples, bastava assim o querermos (todos).

mas quanto aos sabores discordo (culináriamente falando)

bjs
adorei.

Zélia said...

Eu sou de todas as cores :)
Beijinhos

Luis Eme said...

Como se pode, através de pimentos, dar uma lição de cidadania e de respeito pelas diferenças...

abraço Velas

Teresa Durães said...

basta nos aceitarmos.
beijo

laura said...

eu às vezes tenho estas cores todas... é sempre bom passar por aqui...

Maria Laura said...

Pois claro, mulher! Na simplicidade de sermos o que somos, está aceitação das diferenças nos outros.
Gostei da analogia. :)

poetaeusou . . . said...

*
não gosto de pimentos,
vermelhos, amarelos, verdes,
são acres, são ácidos, como a vida,
,
o que sou ???
,
conchinhas coloridas
,
*

Vício said...

e com umas sardinhas assadas são uma delicia!

maria josé quintela said...

tudo o que é simples escapa ao entendimento...



um beijinho.

Pearl said...

Gostei...
Da simplicidade!
Da verdade na simplicidade contida!
:o)))***