Friday, May 19, 2006

A origem do nome


As Velas Ardem Até ao Fim
Descrição do livro:
Um pequeno castelo de caça na Hungria, onde outrora se celebravam elegantes saraus e cujos salões decorados ao estilo francês se enchiam de música de Chopin, mudou radicalmente de aspecto. O esplendor de então já não existe, tudo anuncia o final de uma época. Dois homens, amigos inseparáveis na juventude, sentam-se a jantar depois de quarenta anos sem se verem. Um, passou muito tempo no Extremo oriente, o outro, ao contrário, permaneceu na sua propriedade. Mas ambos viveram à espera deste momento, pois entre eles interpõe-se um segredo de uma força singular...
A minha Descrição do livro:
Um verdadeiro tratado à amizade!
Quando tiverem tempo entrem numa livraria, procurem no e levem para casa este belissimo livro que vos vai apaixonar. Lá aparecem nos 2 tipos de amor: o de um homem pela mulher e a de dois amigos. O segundo prolongou-se no tempo o primeiro......leiam!!!!!
Deixo vos este poema:
Poema da Amizade
A amizade torna os fardos mais leves
porque os divide pelo meio.
A amizade intensifica as alegrias,
elevando ao quadrado, na matemática do coração.
A amizade esvazia o sofrimento
porque a simples lembrança do amigo
acalma com jeito de talco na ferida.
A amizade ameniza as tarefas difíceis
porque a gente não as realiza sozinho:
são dois cérebros pensando e quatro braços agindo.
A amizade diminui distâncias.
Embora longe, o amigo é alguém perto de nós.
A amizade enseja confidências redentoras;
problema partilhado, percalço amaciado,
felicidade repartida, aventura acrescida.
A amizade coloca música e
poesia na banalidade do quotidiano.
A amizade é a doce canção da vida
e a poesia da eternidade.
O amigo é a outra metade da gente;
o lado claro e melhor.
Sempre que encontramos um amigo,
encontramos um pouco mais de nós mesmos.
O amigo revê, desvenda, conforta.
É uma porta sempre aberta em qualquer situação.
O amigo, na hora certa, é sol ao meio-dia,
estrela na escuridão.
O amigo é bússola e rota no oceano,
porto seguro na tribulação.
O amigo é o milagre do calor humano
que Deus opera num coração!
E como diz o Sergio Godinho: Façam um amigo que coisa mais bonita no mundo não há! Porque mais vale sentir nos sozinhos do que sós!

4 comments:

little_blue_sheep said...

:)

bjinhos!

Desassossego said...

Muito lindo.... a amizade é o sentimento que mais aprecio... para além dos sonhos os amigos são o melhor remédio para os dias mais cinzentos... xi

Era uma vez um Girassol said...

Também considero a amizade um bem precioso...
Vou tentar ver de encontro o livro, deve ser muito interessante!
Bjinho

Maria Pedro said...

Estás certo!