Friday, October 17, 2008

ao meu cão Jimmy(12.07.1990-17.10.2004)

Descansa. Dorme. Que levo o teu nome no espaço do meu nome. Descansa. Não vou deixar que te aconteça mal. Não devia ter deixado que te acontecesse mal. Uma semana. A semana. Mas havia esperança (qual?! pergunto-me agora). A esperança. Só a esperança. Nada mais. Chega-se a um ponto em que só há ela e então...temos tudo. Depois não temos nada. Mais nada. Não te aflijas, sou forte, sou capaz. Sou mesmo. Reconheço-te, porque não te esqueci. O tempo é novo sem ti e sempre contigo. Não te preocupes, eu oriento-me. Gostava que agora, apenas uma pena inconsequente parasse a olhar para dentro de mim e após olhar....segui-se em frente. Mas não. ONDE ESTÁS? Que me deixaste a gritar, onde estás? Só! Estar só é muito mais do que conseguir dize-lo. Só. Gostava de te ver. Precisava de te ver. Mas não. Nunca mais. Nunca mais. Dorme. Foste tanto. Dorme. Eras um pouco imenso em mim. Descansa. Ficou a tua vida em mim. Ficaste todo em mim. Nunca esquecerei.
Texto copiado de Dorian Gray

33 comments:

rjl said...

:*

Pearl said...

yah...

:o)))***

Vício said...

por um animal vale sempre a pena chorar!

Teresa Durães said...

:( nem sei o que diga

Arnaldo Macedo said...

Eu tenho um cão k se chama Urso... beijos caninos

_E se eu fosse puta...Tu lias?_ said...

Sarava!

:(


ai ai...e quando for a minha gata Conca??!!


Um abraço muito forte!!

Lu.a said...

:((
Triste...

PavlovDoorman said...

Explicado....

Como me recordo do meu Cookie, com quem cresci... Com quem a minha irmã cresceu, já nos ultimos anos...

Amigos de sempre...Amigos para sempre

Amigos....

Beijinho Menina das Velas

Sea star_ Hannanur said...

Agora deixaste-me com um nó na garganta...
São sempre TANTO para nós!

Um grande beijinho Vélinhas

inBluesY said...

um beijinho [*]

Zélia said...

Beijinho e bom fim de semana :)

Apenas eu said...

a perda é sempre algo muito dificil de "digerir" no entanto, e neste caso especifico, penso que só quem tem um animal de companhia, que faz parte de nós, da nossa vida poderá entender de verdade este texto triste.

beiinhos

amazing said...

big kiss

instantes e momentos said...

muito bom o post, muito bom.
Tenha um bom fim de semana.
maurizio

Cruztáceo said...

arriba

Philia said...

"Se um dia te fores
quero que saibas que descobri
um coração que bateu mais forte
todas as vezes que pensou em tí"

Bjs e abraços... hummm ;)

said...

Também és uma menos feliz?

melgadoporto said...

Um dia desejei ter um cão.
No dia seguinte estava o Andy em minha casa.
Destruiu tudo o que havia para destruir.
Lambeu e babou tudo o que desejou.
Um dia cresceu e eu sai… para longe.
Morreu sozinho!
Morreu por estar só!
Ainda hoje não me perdoo.
Onde estejas Andy… desculpa!

ci said...

Uma dor que se entranha em nos...que o tempo nao leva...entendo-te...

beijos da ci

musqueteira said...

...desafiado o vazio:outro mundo se abre. quem sabe... talvez.

maria josé quintela said...

um beijinho.










.

Ana said...

Eu gosto tanto dos meus animais que sempre que perco algum, é como se perdesse um pedaço de mim...

beijinho!

pb said...

compreendo-te...tive na minha adolescencia uma cadela serra da estrela, aos 14 anos foi abatida, estava em sofrimento...nunca mais quiz nenhum, até há 6 anos atrás quando recolhi um cachorro que andava abandonado aqui na rua...

mfc said...

Também estou inquieto.
A minha Micas, uma rafeira que cá está em casa há 14 anos (coincidência...), também está muito fraquinha!
Um dia também acontece...
um abraço para ti... por causa do teu Jimmy.

vida de vidro said...

Um beijo grande. :(

AnaMar said...

Um beijo, um abraço, algo que te conforte e minimize essa perda.

poetaeusou . . . said...

*
recordei o meu norte,
morreu com onze anos,
eu tinha nove . . .
continuo a chorá-lo,
,
brisas de saudade,
para os dois . . .
,
*

pn said...

já passei por isso com a YUGA!
jurei que não teria mais... passados 3 meses veio o Joyce, no mês seguinte o Argos!

há 7 anos que não vou de férias. sabes porquê? porque eles têm 7 anos e não os deixo a ninguém!

sou o verdadeiro, idiota?!

morethanfeelings said...

Só é pena k ainda haja tantos animais a serem mal tratados neste mundo. Mas felizmente ainda ha pessoas como tu que os amam como seres humanos. Parabens por seres assim.. beijinho

Lídia said...

... tenho gravado no meu coração o nome de dois companheiros caninos de outrora. A dor é imensa mas em breve vais sorrir :) Bj

Dias said...

Adoro a ilustração!

Da minha Cão, sei que ha-de ir, e vai ser do cacete se eu cá estiver...

Abraço forte (e uma lambidela)

Carracinha Linda! said...

Olá...

Só agora estou a ver o post.

Em memória do Jimmy deixo-te um enorme beijo...

Nogs said...

Beijinho na alma...

PS: O meu gatinho chama-se Jimi...