Friday, October 03, 2008

J de irmão

Claro que não beijei mas sabes que beijei: és o meu irmão João. Aquele a quem me une um silencioso princípio de vasos comunicantes. E com que alegria repito isto dentro de mim: o meu irmão João. O meu irmão João para sempre.
[Visão_António Lobo Antunes Sexta-feira, 26 de Setembro de 2008]




Li , como faço sempre a crónica de ALA na Visão e emocionei me. Na sorte que é ter um irmão mas dos bons. Assim como eu tenho, um irmão presente, critico mas incondicional. Ah!E o meu mano também é J!
Nem todos tem essa sorte, uns porque os têm mas não sabem por onde andam, outros porque são únicos.Não invejo nenhuma das sortes...
Ao ter o MEU irmão sei que nunca estarei sozinha.Sei que tenho alguém que gostará sempre de mim. (Devem estar a pensar..também é irmão dela se ele não gostar quem é que gosta?!..)
Neste amor, o único no qual acredito em que há almoços de borla,onde existe quem nos quer ver bem se possivel melhor do que a si próprio e pelo qual eu morria.
Não trocava o meu irmão por nada nem por ninguém.
O meu irmão é quem eu mais gosto no mundo!
Não sei porquê mas tinha de escrever este texto...há coisas que têm que ser ditas
.

26 comments:

Maria said...

Quase quase que te invejo, Vela....
Sabes, tenho para mim que a família nos é imposta, os Amigos somos nós que escolhemos... mas gostava de sentir como tu...

Beijo

AnaMar said...

E eu que não tenho irmãos, tenho amigos que se fossem irmão, acho que não poderia gostar mais deles :D

Vício said...

A filha da minha mãe também tem um irmão assim e não lhe dá o devido valor!

Andreia Ferreira said...

(que música lindaaaa que tens a tocar ali ao lado :) )

ao tempo que não ouvia essa expressão dos almoços gratuitos, andava ainda nos bancos da faculdade... :) a minha irmã também é e será sempre uma das pessoas de quem mais gosto no mundo!

beijinhos

said...

Quem me dera ter esse irmão! Tem-se os amigos, o namorado e a mamã... Que é muito bom!

um beijinho com esse carinho todo

impulsos said...

E disseste tu muito bem!
Feliz do irmão que tem a felicidade de ter uma irmã que o adora e não tem qualquer problema em o dizer publicamente!

Beijos aos dois

poetaeusou . . . said...

*
não gosto
da tendenciosa visão,
,
vou redimir-me,
porque a entrevista
foi muito bem conduzida,
e é muito difícil extrair
respostas ao dr. lobo antunes,
,
conchinhas, deixo,
,
*

Luis Eme said...

também li a crónica e também pensei no meu irmão...

também é dos bons.

bjs Velas

Késia Maximiano said...

E eu que nem tenho irmão.... rs

Ricardo Pulido Valente said...

bom:)

maria josé quintela said...

não deixes para amanhã o que podes dizer hoje...



bonita declaração de amor fraternal.




um beijinho.

Maçã de Junho said...

Que lindo!!!!!
Vocês são muito especiais mesmo!

Fica o registo que também eu tenho um lindo irmão João! que quem gosto muito e por quem faria tudo!

És muito bonita minha querida.


PS: o teu sobrinho(a) está com saudades tuas... lololol


Beijo
tua
M

Apenas eu said...

Velinha,
há coisas que têm que ser ditas...
Não guardes nunca para dizeres num outro dia.

Beijinhos
Bom ler-te

pn said...

se o teu irmão não te pagar um jantar no Tavares, é um ingrato!

amazing said...

E se há pessoa que merece sabê-lo é mesmo ele!

Grande Dorian!

mfc said...

ter irmão... ter família... é um consolo magnífico!

Dorian Gray said...

Mana!!!!

Su said...

fizes.t bem...............


jocas maradas de sentires

Pedro Branco said...

Também tenho um irmão João, mas ainda não tenho de escrever um texto sobre ele...

ci said...

eu tenho um irmao V. mas andamos mais a bananada do que a pensar no resto...eh eh

beijo da ci

brisa de palavras said...

A familia nao se escolhe...mas ainda bem que tens o teuirmão...
um abraço brisa de palavras

Maria P. said...

Eu não tenho irmão...

Beijinho, gostei muito do teu texto:)

Pearl said...

Ah... revi-me nas tuas palavras...
Mas como tenho dois irmãos e uma irmã, o meu amor é triplicado!

:o)))***

Teresa Durães said...

deve ser bom sentir um irmão assim

Cristina Pedro said...

Têm mesmo!!!!!

Lídia said...

... só há pouco tempo é que consegui dizer abertamente ao meu irmão que o amo muito. Estranhezas do ser... Bj