Sunday, September 03, 2006

Obrigada Sérgio!


Com um brilhozinho nos olhos

e a saia rodada

escancaraste a porta do bar

trazias o cabelo aos ombros

passeando de cá para lá

como as ondas do mar

conheço tão bem esses olhos

e nunca me enganam

o que é que aconteceu diz lá

é que hoje fiz um amigo

e coisa mais preciosa no mundo não há

Com um brilhozinho nos olhos

metemos o carro

muito à frente muito à frente dos bois

ou seja fizemos promessas

trocámos retratos

traçámos projectos a dois

trocámos de roupa trocámos de corpo

trocamos de beijos tão bom é tão bom

e com um brilhozinho nos olhos

tocamos guitarra pelo menos a julgar pelo som

E o que é que foi que ele disse?

E o que é que foi que ele disse?

Hoje soube-me a pouco

Hoje soube-me a pouco

Hoje soube-me a pouco

Hoje soube-me a pouco

passa aí mais um bocadinho

que estou quase a ficar louco

Hoje soube-me a tanto

Hoje soube-me a tanto

Hoje soube-me a tanto

Hoje soube-me a tanto

portanto

hoje soube-me a pouco

Com um brilhozinho nos olhos

corremos os estores

pusemos o rádio no on

acendemos a já costumeira

velinha de igreja

pusemos no off o telfonee

olha nao dá para contar

mas sei que tu sabes

daquilo que sabes que eu sei

e com um brilhozinho nos olhos

ficámos parados

depois do que não te contei

Com um brilhozinho nos olhos

dissemos sei la

o que nos passou pela tola

do estilo: és o number one

dou-te vinte valores

és um treze no totobola

e às duas por três

bebemos um copo

fizemos o quatro e pintámos o sete

e com um brilhozinho nos olhos

ficámos imoveis

a dar uma de tête a tête

E com um brilhozinho nos olhos

tentamos saber

para lá do que muito se amou

quem éramos nós

quem queriamos ser

e quais as esperanças

que a vida roubou

e olhei-o de longe

e mirei-o de perto

que quem não vê caras

não vê corações

e com um brilhozinho nos olhos

guardei um amigo

que é coisa que vale milhões


Estava a ler...a boa disposição não reinava...a televisão ligada com o som muito baixo...e de repente..Com um brilhozinho nos olhos...Sergio Godinho...e o som foi aumentado...saí do sofá e dancei...os olhos brilharam...sinto que me vou deitar com o coração cheio...às vezes é mesmo preciso tão pouco...

Espero que tenha sido uma ajuda para o fim da "merda" de semana que tive e fiz com que "outros" injustamente também tivessem.As minhas sinceras desculpas....Apesar de continuar a pensar que as mesmas evitam-se para não terem que ser dadas.Mas também sei que ninguém é perfeito...

Obrigada Sérgio!

5 comments:

Su said...

nada de pedir desculpas..todos temos as nossas marés. q bom saber-te feliz , nem que seja por momentos

jocas maradas de brilho nos olhos

Ant said...

...E coisa mais preciosa não há. Há que defendê-la com toda a alma.
Beijo

amazing said...

Só nessas alturas vês que os verdadeiros amigos não te abandonam.
O resto não conta.
Águas passadas.
Quem nunca errou que atire a primeira pedra.





Afasta-te, vou atirar.

inBluesY said...

thks sergio bem hajas, assim como outros desse tamanho .

inBluesY said...

e momentos n se explicam, gostamos dos conteúdos, maus momentos todos temos, desligar das más memórias é o caminho quando existe bons conteúdos.