Monday, September 25, 2006

Voando por aí


Tu confidente,
sem voz e sem rosto,
estás sempre presente
do levantar ao sol posto

O mundo é uma roda
de sentimentos sem fim,
entram e saiem de moda
e tudo é fácil assim

Parece que andam todos a voar sem asas
Numa longa viagem
Para talvez um dia chegarem a casa

A vida é uma intriga
de mistérios de veludo
Talvez um dia as duas iremos
entender isto tudo e sair voando por aí

Às vezes viver tem destas coisas boas......gostar...de quem como nós escreve e gosta apenas de partilhar os seus textos.

Até já.

13 comments:

canela_e_jasmim said...

Lembras-te de mim, velinha?

Sou do Chá de Rosas.

Voltei de férias há um tempinho já e ando a fazer a ronda dos amigos.
beijo grande

canela_e_jasmim said...

E adorei a ideia de voar nas palavras!

Estranha pessoa esta said...

:)
Para ti um sorriso sem rosto.
Mas, profundamente (e sempre mas, sempre) sentido.

caninos said...

É muito lindo, quando há amizade verdadeira e profunda...quando é dada e recebida.

Mas certas pessoas não entendem...

Eu já comecei a perceber, parece-me que estou no bom caminho, tbem já sei (ainda insegura) em quem confiar e dar-me em amizade.

Beijos amigos

crispipe said...

Voar pelas palavras e pensamentos....Haverá coisa mais bela. A liberdade está sempre onde menos se espera.
Jokinhas

daniel sant'iago said...

Partilhar textos...
Que bom! É vida!

daniel sant'iago

sabr said...

Até...lindo, lindo. Bjinho.

the postman said...

Para quê as asas se podemos voar sem elas?
Um beijinho.

Vanda Baltazar said...

Voar. Precisa-se.


Beijo

Van

TONY, Duque do Mucifal said...

um post animado e com esperança...é um bom caminho. As andorinhas trazem sempre a esperança.

weg said...

Belíssima partilha esta.

Sorte de quem pode ler quem escreve pelo prazer de escrever e DAR.

:)

Ant said...

Pois é. Nem digo mais nada.
Beijos

Teresa Durães said...

olá...

:)

bj!