Thursday, October 19, 2006

As minhas cores


Verde
Pinto de verde
O germinar do meu ser
Dos meus pensamentos
Laranja
Escrevo a Laranja
As minhas recordações com a mão
no meu livro de memórias.
Vermelho
Tinjo de vermelho
O meu coração
quando se incendeia
Amarelo
Visto me de amarelo
Para parecer alegre,
e que me aprecio a mim mesma.

Branco
Pinto de branco

sereno, a tristeza
contida em mim.

Lilás
Tinjo a lilás
Mas muito pouco
Recorda me sempre Cristo Cruxificado..a Morte.


Preto
Escrevo
sempre
a preto
Não me perguntem porque
Talvez ...Represente
A angústia da perda…do
Adeus!

20 comments:

TONY, Duque do Mucifal said...

estás mutio poeta! qual o poeta que gostas mais?

Trivialidados said...

Comentando o post de cima, todos nos somos narcisistas por isso não te xateis.

Teresa Durães said...

não te pintes muito de branco porque para além da tristeza contida não ser grande coisa, nós não consigmos ler :))

boa tarde!

Pirate said...

Cara amiga
A tua egocentricidade é multicolor, por isso nunca tenhas medo de a exercer...
É bom ter os planetas todos a girar à volta, não é ? :-)
Sentimo-nos como uma estrela...
Sentimo-nos bem e é uma excelente sensação desde que continuemos conscientes da nossa perenidade.
Se essa consciência acabar então o narcisismo vira patologia :-)
Narcisus ergo sum :-)
Curte as cores da vida !
Obrigado pela visita ao Under the Sea
"Me casa es tu casa"

Euzinha said...

Grande arco-íris mulher!! ao menos a vida não é a preto e branco, é que isso sim acabava com metade da piada. Que venha a cor (as alegres de preferência) para contrariar o cinzento dos dias!!

Bjs mto coloridos
J

P.S temos de explicar esta teoria aos estilistas que estou fartinha de ver modas pretas brancas e castanhas...

Tiago said...

Pingos de cor, saltitantes
Em palavras, pensamentos
Recordações, memorias
E muitas emoções.

bjs
Tiago

Cris said...

Gostei das tuas cores, pintaste um quadro muito bonito.

Bjo

C.

Anonymous said...

Adorei o teu post colorido!!

As cores enfeitam-nos a vida e eu prefiro as alegres.

Um beijo, para ti.

Isabel said...

Deixa o adeus.
Eu digo-te Olá amiga de todas as cores.
Olá e até já.
Amanhã voltarei e colorida te quero ver
senão um ramo de coloridos lapis de cor das cores da vida te irei oferecer.

Beijo colorido

o peregrino said...

olá!já quis escrever-te há mais tempo mas não fui capaz. promenores técnicos, já resolvidos. Bom e agora que aqui estou parece que não me sai nada igual á outra mensagem que chegueia escrever. sabes o que me chamou a atenção foi o nome do teu blog. Já li o livro " As velas ardem até ao fim" e parece que foi na altura certa foi importante para mim ler sobre a amisade naquela altura. Os "cem anos de solidão" tambem li foi com eles que me "iniciei" em Gabriel Garcia Marquez. Já li as suas obras quase todas. Vejo que gostas de velas eu tambem são pequenas "companhias". tambem gosto muito de cores por isso detesto o preto. Mas só na cor nada tenho contra as pessoas. bom já chega. Como deves reparar hoje estou a iniciar outra faze da minha vida...criei um blog. no qual ainda na escrevi nada...FANTÀSTICO. bom desculpa o tempo que te tomei vou continuar a passar por cá.

canela_e_jasmim said...

As cores da tela da tua vida.
Muito bonito!
beijinhos

Giorgia said...

querida... a partir de agora, promete-me... só vermelho e verde! :)

beijinhos grandes

Anonymous said...

Bem..o preto não é uma cor?
E bonita! As teclas do piano não poderiam ser todas brancas, os pamos dos palcos tbm não...e tanta oura coisa! O preto até me fica bem....rsrsr!
bjs doces

Estranha pessoa esta said...

Eu cá gostava do 'eu' :P

Francieli Rebelatto said...

Mas até mesmo o preto, até mesmo o adeus tem sua magia, tem tem motivos pra ser poema sempre...Uma aquarela de palavras, uma aquarela de sentimentos é o que vejo de ti,..beijos

Desassossego said...

Então que a tua vida seja uma paleta de cores em que brilhem com mais intensidade as que te fazem sentir mais feliz...

Um xi e Bom fim de semana para TI de EU... ;0)

Quem? said...

E qual é a cor da chuva? Gostei da parafrenália de cores.



chuviscos

AnaG. said...

Nada melhor, do que as cores alegres, para que a vida nos seja um pouco mais agradável!
Já chega de "cinzentões".

diabinho said...

As cores do arco-íris...
Deviam servir para te alegrar...
Pode ser que um dia assim seja. Pode ser que um dia o sol volte a brilhar aí dentro, para não teres que voltar a acender a vela...

Beijinhos

Su said...

jocas maradas de cores